20 de abril de 2024 03:41

freitasnews16

ÓTIMA NOTÍCIA: Novo aumento no valor do Salário Mínimo para 2023 fica próximo; veja o valor

Governo Federal ainda não bateu o martelo sobre a possibilidade de um novo aumento no valor do salário mínimo este ano. Contudo, o fato é que as chances de uma elevação do saldo dos pagamentos para R$ 1.320 ficaram maiores nos últimos dias.

Hoje, o salário mínimo é de R$ 1.302. Este valor foi definido pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) ainda no final do ano passado e já representa um aumento real em relação aos R$ 1.212 registrados em 2022. Contudo, uma ala do Governo defende um novo aumento para a casa dos R$ 1.320 em maio deste ano. Segundo informações de bastidores colhidas pelo jornal Folha de São Paulo, esta ala que defende este aumento está ganhando força junto ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O jornal destaca que até mesmo o Ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT) já admite que o valor vai mesmo subir. O Ministro faz parte da ala que defende a manutenção do patamar de R$ 1.302 até o final deste ano. Ele alega que um aumento para R$ 1.320 poderia causar problemas nas contas públicas. De todo modo, Haddad vem traçando um plano para conseguir elevar o salário mesmo dentro deste cenário. O chefe da pasta econômica vem dizendo que vai colocar em prática um plano de redução de gastos em outras áreas. A ideia é tirar dinheiro de alguns outros setores e realocar o saldo para o salário mínimo. Este plano já recebeu algumas críticas quando foi apresentado pelo Ministro.

Salário x INSS

Inicialmente, Haddad disse que não poderia pagar os R$ 1.320 desde o início do ano porque este aumento poderia ter um custo de R$ 7,7 bilhões acima do que estava previsto inicialmente no plano de orçamento.

Leia mais…

Gás de Cozinha: Brasileiros recebem MAGNÍFICA NOTÍCIA para fevereiro

O Governo Federal começa a primeira rodada de pagamentos do vale-gás nacional neste ano de 2023. O programa não foi pago no último mês de janeiro, já que tem caráter bimestral. Estima-se que mais de 5 milhões de brasileiros estejam aptos ao recebimento da quantia do benefício social. O vale-gás nacional de fevereiro está repassando R$ 110 por família. O valor não pode ser nem maior e nem menor do que este patamar. Apenas uma pessoa da casa pode receber o saldo. Todos os beneficiários contam com um prazo de 90 dias para movimentar a quantia de alguma forma.

As regras de movimentação do vale-gás nacional são basicamente as mesmas registradas no ano passado. O cidadão pode usar a quantia através do sistema do app do Caixa Tem. Através do aplicativo, é possível pagar contas, transferir saldos para outros bancos e até mesmo gerar um código para saque em caixas eletrônicos, casas lotéricas e correspondentes Caixa Aqui.

O cidadão também pode movimentar o dinheiro do vale-gás nacional através dos cartões do Auxílio Brasil ou mesmo do Bolsa Família. Mesmo que o dispositivo seja oficialmente de um outro programa social, ele pode ser usado para movimentar a quantia do vale-gás nacional normalmente.

Assim como acontece com o Bolsa Família, os pagamentos do vale-gás nacional ocorrem com base no final do Número de Identificação Social (NIS) de cada família. Nesta segunda-feira (13), as liberações estão acontecendo apenas para os cidadãos que possuem o NIS final 1. Segundo a Caixa Econômica Federal, este dinheiro está na conta desde as primeiras horas da manhã.

O calendário do vale-gás

Leia mais…

WhatsApp tem novidades para o “Status”; confira

O WhatsApp lançou algumas mudanças para o ‘Status’ do aplicativo. Lançado em 2017, o recurso funciona como uma espécie de “story” dentro do mensageiro. No entanto, agora, os usuários terão acesso a novas funcionalidades dentro da aba.

Na última terça-feira (7), o WhatsApp lançou algumas mudanças para o ‘Status‘ do aplicativo. Lançado em 2017, o recurso funciona como uma espécie de “story” dentro do mensageiro. No entanto, agora, os usuários terão acesso a novas funcionalidades dentro da aba.

Novidades no Status do WhatsApp

Veja o que há de novo:

  • Seletor de audiência privada;
  • Status de voz (áudio) de até 30 segundos;
  • Reações aos status;
  • Indicador de status;
  • Pré-visualizações de links.

Cabe salientar que liberação das novidades do ‘Status’ está ocorrendo de forma gradual. Sendo assim, em breve devem chegar a todos usuários do WhatsApp.

Mais novidades

Comunidades do WhatsApp

Em suma, o recurso ‘Comunidades‘ foi desenvolvido para conectar vários grupos da mesma categoria, a fim de organizar conversas no aplicativo de mensagens. Na prática, a funcionalidade pode ser usada em uma escola, por exemplo, onde a instituição fosse a comunidade e cada turma um grupo específico.

Desse modo, o usuário poderá adicionar até 50 grupos a uma comunidade. Cada comunidade pode abrigar até 5 mil pessoas.

Veja como criar uma comunidade no WhatsApp:

  1. Acesse a aba de “Mais opções” (três pontinhos) no Android; ou toque em “Nova conversa” no iOS;
  2. Na sequência, clique em “Nova comunidade” (no iPhone, você ainda deve clicar em “Começar”);
  3. Feito isto, adicione o nome da comunidade, a descrição e a foto de perfil;
  4. Por fim, clique no ícone de seta verde (no Android) ou em “Seguinte” (no iPhone) para adicionar grupos existentes ou criar um grupo.

Chat privado do WhatsApp

WhatsApp liberou um recurso que permite aos usuários criarem uma conversa para si mesmo(a). Com a funcionalidade, será possível guardar conteúdos, senhas, textos, imagens, documentos, além de servir como um bloco de notas. O chat individual é uma ótima maneira de organizar as pautas do trabalho e as tarefas do dia a dia. Até então, os usuários faziam grupos e depois removiam os participantes para conseguirem utilizar a pasta de forma particular. Contudo, agora está mais fácil.

Para abrir uma conversar consigo mesmo é simples. Veja o passo a passo:

  1. Acesso o seu WhatsApp;
  2. Vá até o canto inferior direito, onde você será encaminhado para os seus contatos;
  3. A sua foto deve ser a primeira a aparecer;
  4. Feito isto, clique no seu nome. Você será redirecionado para uma conversa consigo mesmo.

Caso a opção ainda não esteja disponível para você, verifique na sua loja virtual se o aplicativo precisa de alguma atualização. Na hipótese que não apareça o seu nome de jeito nenhum, combine com um amigo ou amiga a criação de um grupo.

Atalho de câmera no WhatsApp

Usuários do WhatsApp na última versão para Android já podem contar com uma novidade no aplicativo. No menu inicial da plataforma, foi adicionado um ícone de câmera.O objetivo foi criar um atalho para tirar fotos ou vídeos pelo app. Além disso, é possível selecionar os contatos que receberão os arquivos mesmo não estando dentro da aba de conversas.Até então, para tirar uma foto ou gravar um vídeo dentro da plataforma era necessário acessar a conversar do destinatário dos arquivos. Além disso, na gravação dos vídeos era preciso ficar segurando o botão de gravação, o que não é mais necessário.No Android, ao entrar no aplicativo, o ícone de câmera estará no canto superior direito do aplicativo. Para acessá-lo, basta clicar sobre ele e tirar sua foto ou gravar o seu vídeo.Desse modo, antes de enviar para um contato, é possível adicionar legendas, recortar ou editar o arquivo como possível por meio do recurso. Após concluído, é só selecionar os contatos para enviar os arquivos.

Mensagens fixadas do WhatsApp

Em breve, usuários do mensageiro poderão fixar mensagens em conversas privadas ou em grupos. A intenção é facilitar o acesso a informações mais relevantes, considerando que muitas vezes o fluxo de mensagens é alto.Todavia, até o momento, o recurso só está disponível para a versão beta, ou seja, de testes. Além disso, a ferramenta está disponível apenas para as experimentações em Android. Ainda não há informações sobre os testes no sistema operacional iOS.Com a novidade, quando mensagem é fixada, ela passa a ficar visível para todos os contatos da conversa. Desta forma, fica muito mais fácil encontrar uma informação importante dentro do fluxo de postagens, seja no chat privado ou em grupos.De forma geral, a nova funcionalidade permitirá que a comunicação seja mais assertiva, uma vez que não haverá desculpa em caso de desencontro a informação destacada na conversa. Isso porque, a mensagem será vista em destaque por todos os envolvidos. Lembrando que o recurso está em fase de teste. Sendo assim, o aplicativo de mensagens ainda não confirmou quando a funcionalidade estará disponível para todos os usuários.

 

Abono salarial de até R$ 1.302 começa a ser pago no dia 15; veja quem tem direito

Pagamentos serão feitos de forma escalonada, a partir do mês de nascimento de cada beneficiário; valor varia de R$ 108,50 a R$ 1.302,00 Benefício é pago para trabalhadores com carteira assinada, de salário médio de até dois salários-mínimos durante o ano-base 2021 Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal começa a pagar, no próximo dia 15 de fevereiro, o abono salarial PIS/Pasep de 2023, de ano-base 2021.Os pagamentos serão feitos de forma escalonada, a partir do mês de nascimento de cada beneficiário, e o valor varia de R$ 108,50 a R$ 1.302,00, de acordo com a quantidade de meses trabalhados durante 2021.O abono pode ser sacado até o dia 28 de dezembro de 2023. Quem tem conta corrente ou poupança na Caixa recebe o crédito em conta; quem não tem, recebe por meio da Poupança Social Digital, aberta automaticamente pelo banco.A estimativa, segundo o governo federal, é que 22,9 milhões de pessoas recebam o abono salarial em 2023, totalizando o valor de R$ 24 bilhões em pagamentos.

Confira o calendário de pagamentos abaixo.

Como saber se tenho direito ao abono salarial

O benefício é pago para trabalhadores com carteira assinada, de salário médio de até dois salários-mínimos durante o ano-base 2021.

É preciso, no entanto, atender aos critérios:

  • Estar inscrito no programa PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Trabalhar para empregadores contribuintes do PIS/Pasep;
  • Ter trabalhado por pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, durante o ano-base;
  • Ter dados corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou no eSocial do ano-base considerado para apuração. O prazo para essa atualização foi até 30 de setembro de 2022.

Caso não atenda a todos os pontos, não terá direito ao abono salarial.

Vale lembrar que empregados domésticos, trabalhadores rurais ou urbanos empregados por pessoa física e trabalhadores empregados por pessoa física equiparada a jurídica também não têm direito ao benefício.Para consultar se tem direito, o valor e a data de pagamento, acesse a Carteira de Trabalho Digital ou ligue para o número 158.

cnnbrasi

Solange Frazão para a web com look fashionista

Solange Frazão

Solange Frazão usou seu Instagram nesta quinta-feira (09.02) para compartilhar cliques arrebatadores e cheios de beleza.A musa fitness de 60 anos fez uma reflexão sobre decisões e hábitos. Para isso, a personal trainer posou em frente ao espelho, com um vestido estampado, florido, que deixou seu corpo sarado em evidência.Ela ainda elegeu sandálias modelo gladiadora para completar o look.”As pessoas não decidem seus futuros. Elas decidem seus hábitos, e seus HÁBITOS decidem seus futuros. Fez sentido? Se sim, aponte um hábito que você acha que mudaria sua vida se fizesse?, legendou ela na publicação.

Confira:

Solange Frazão — Foto: Reprodução/Instagram

Solange Frazão

Solange Frazão — Foto: Reprodução/Instagram

Solange Frazão — Foto: Reprodução/Instagram

Solange Frazão 

vogue

Jade Picon combina bolsa grifada e vestido com recortes estratégicos

A atriz Jade Picon ganhou muitos elogios com as fotos Jade Picon está pronta para “sextar” e surgiu com uma roupa descontraída em uma série de fotos publicadas em suas redes sociais.A atriz combinou uma bolsa grifada da Fendi e um vestido vermelho com recortes estratégicos. “Bomba de cereja”, escreveu ela na legenda dos cliques. Nos comentários, a mãe de Jade, Monica Santini Froes, revelou que o acessório faz parte de seu closet: “Bolsa da Mamy”, disse.

Jade Picon        Jade Picon — Foto: Reprodução/ Instagram

Jade Picon

vogue

Gasolina fica mais barata, mas fecha semana acima dos R$ 5,00

O preço médio do litro da gasolina comum nos postos brasileiros registrou uma leve queda nesta semana (de 5 a 11 de fevereiro).O valor do combustível passou de R$ 5,12 (na semana anterior) para R$ 5,08 – redução de 0,78%. A gasolina foi encontrada no período com o preço mínimo de e máximo de R$ 6,99.O levantamento foi divulgado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Brasil (ANP).

Diesel e etanol

O diesel encerrou a semana com o valor médio de R$ 6,23 (- 0,95%). O etanol ficou em R$ 3,80 (- 0,52%).

Bancada evangélica está se aproximando de Lula

Se nos últimos quatro anos os deputados e senadores evangélicos agiram majoritariamente em bloco na defesa do governo de Jair Bolsonaro e de suas pautas conservadoras, agora o grupo começa a dar mostras de que não deve seguir tão unido assim. Pelo menos parte da chamada Bancada da Bíblia, uma das mais influentes do Congresso, já começa a sinalizar que, embora vá se manter firme na chamada pauta de costumes, não vai fazer oposição sistemática ao governo petista. Um dos primeiros sinais de que o coro já não canta tão afinado foi a dificuldade do grupo de definir a liderança da Frente Parlamentar Evangélica (FPE) para o biênio 2023/2024. A presidência da frente será alternada a cada seis meses entre os deputados federais Eli Borges (PL-TO), que segue como ferrenho defensor de Bolsonaro, e Silas Câmara (Republicanos-AM), que vem estabelecendo canais de diálogo com o governo Lula.

Sucessor de Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), que presidiu a frente no último biênio, Eli Borges, que ficará na liderança do grupo neste primeiro semestre de 2023, prometeu uma relação “respeitosa” com o governo petista, embora deixe nítido que tem grande afinidade ideológica com Bolsonaro. Em suas redes sociais, propagandeia o “legado bolsonarista no Tocantins” e aparece lado a lado com o ex-presidente em posts “contra o aborto” e “em defesa da família”. Para chegar ao comando da Frente, contou com as bênçãos de Valdemar Costa Neto, presidente do seu partido e espécie de CEO informal do Centrão.

Por sua vez, Silas Câmara, importante liderança da Assembleia de Deus do Norte e organizador da Marcha para Jesus no Amazonas, chegou a se reunir com integrantes do governo federal, como o ministro da Integração Nacional, Waldez Góes, e o ministro da Pesca e Aquicultura, André de Paula. O amazonense foi alçado como um dos líderes da bancada evangélica, apesar da resistência de parte do grupo — ele foi processado no Supremo pela prática de rachadinha, confessou a ação criminosa, pagou uma multa e conseguiu o arquivamento da ação.

LÍDERES Eli Borges (acima) vai comandar a Bancada da Bíblia nos primeiros seis meses do ano, enquanto Silas Câmara (abaixo) coordenará os evangélicos nos seis meses seguintes (Crédito:Divulgação)
Mateus Bonomi

A Frente Parlamentar Evangélica foi criada em 2003, e desde então vinha definindo seus líderes de forma consensual. Esta foi a primeira vez em que houve disputa pelo comando do grupo. Uma eleição chegou a ser realizada no início do mês, mas acabou sendo anulada por discrepâncias entre o número de votos e o de eleitores inscritos. “A gente corrige gays, corrige todo mundo, e faz essa sacanagem aqui dentro?”, protestou o deputado Otoni de Paula (MDB-RJ), pastor da Assembleia de Deus de Madureira. O acordo pela alternância de poder entre Eli Borges e Silas Câmara foi selado na quarta, 8. Dois nomes desistiram da disputa — o próprio Otoni de Paula, que anunciou apoio a Eli Borges, e o senador Carlos Viana (PSD-MG). Bolsonaristas fiéis até outro dia, os dois, cada um à sua maneira, deram um jeito de tentar se desvincular do ex-presidente. Otoni criticou o silêncio de Bolsonaro após as eleições: “me posicionei contrário ao silêncio sepulcral dele”. Por sua vez, Viana, que disputou o governo de Minas Gerais em outubro pelo PL, se disse “traído” e “abandonado” pelo capitão, que apoiou Romeu Zema (Novo).

Leia mais…

Bolsa Família: acréscimo de R$ 150 por criança de até 6 anos começará a ser pago em março

O valor adicional de R$ 150 a cada filho de até 6 anos de idade para beneficiários do Bolsa Família começará a ser pago no mês de março. A informação foi confirmada pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).O valor mínimo do benefício, que voltou a ser pago em janeiro, é de R$ 600. O pagamento de fevereiro, que começa a ser feito no dia 13, terá o mesmo valor que foi pago a cada família em janeiro.Em março, o calendário de pagamento começa no dia 20, e vai até o fim do mês. Quem tem direito ao Bolsa Família e não sacou o dinheiro no mês que foi liberado, tem até 120 dias para retirar o valor.O pagamento é ordenado de acordo com o último número de cadastro no Número de Identificação Social (NIS). Pessoas que receberam o Auxílio Brasil e recebem o Bolsa Família não precisarão trocar os cartões. É possível fazer o saque mesmo que o cartão tenha a inscrição “Auxílio Brasil”.


Calendário de pagamentos do Bolsa Família em 2023, de acordo com o último número do NIS / Reprodução

As pessoas que já estão cadastradas e têm filhos não precisarão fazer nenhum tipo de atualização cadastral para receber o novo valor a partir de março. O Governo Federal se organizou junto aos estados e municípios para atualização do Cadastro Único, que determina quem pode ou não receber o benefício.

Edição: Thalita Pires

brasildefato

Número de mortos na Turquia e Síria ultrapassa os 33 mil

O número de mortes em decorrência do terremoto que atingiu a Síria e a Turquia em 6 de fevereiro já chegou a 33 mil neste domingo (12), segundo autoridades dos países. Na Turquia, onde a destruição foi maior, foram 29.605 mortos, e na Síria, mais de 3.500 óbitos. No total, quase 93 mil pessoas ficaram feridas.  

Os trabalhos de resgate de vítimas soterradas e recolhimento de corpos estão sendo dificultados pelo clima. O inverno rigoroso na região está fazendo com que muitas pessoas que tiveram suas casas atingidas fiquem na rua em meio a neve e chuva em muitos dos pontos onde o tremor foi mais intenso. Neste fim de semana, a Justiça da Turquia informou que está investigando cerca de 100 pessoas responsáveis por construções irregulares, cuja estrutura teria facilitado a insegurança dos moradores. A região está sob um conjunto de encontros de placas tectônicas, o que torna os terremotos comuns. De acordo com a própria Justiça turca, o país tem uma série de protocolos de construção para evitar maiores danos diante de abalos sísmicos, mas que raramente são aplicados, o que explica, em partes, a grande quantidade de imóveis que desabaram na segunda-feira (6). 

Terremoto 

O primeiro tremor atingiu 7,8 graus na escala Richter – usada para medir terremotos. Não há registros de um tremor que tenha ultrapassado os 10 pontos da escala – e foi registrado às 4h17 pelo horário local (22h17 de domingo em Brasília). Outras dezenas de tremores secundários foram registrados em seguida, sendo que um deles chegou a 7,7 graus na mesma escala, o que aumentou o número de estruturas atingidas e os estragos causados. 

O epicentro do tremor está localizado próximo à cidade de Gaziantep, a nona maior da Turquia e que fica perto da fronteira com a Síria (a cidade de Aleppo, uma das mais atingidas pelos efeitos da guerra da Síria, fica a cerca de 120 quilômetros, por exemplo). Houve reflexos em dezenas de localidades dos dois países e também em outros, como Chipre, Jordânia, Líbano, Iraque, Geórgia e Armênia. 

Edição: Daniel Lamir

brasildefato

Esboço Da Lição 07 Do 1º Trimestre De 2023

INTRODUÇÃO A história de Estêvão nos ensina que as pessoas podem se destacar não pela função que exercem, mas sim, pelo que são e pelo que fazem. Fazendo uma leitura do livro de Atos dos Apóstolos, vamos perceber que o diácono Estêvão ocupou muito mais destaque nas páginas das Escrituras do que muitos sacerdotes, reis, profetas e apóstolos.

Vamos juntos aprender a Palavra de Deus.

TEXTO ÁUREO Mas Estêvão, cheio do Espírito Santo, olhou firmemente para o céu e viu a glória de Deus, e viu Jesus em pé no lugar de honra, à direita de Deus. Olhem!”, disse ele. “Vejo os céus abertos e o Filho do Homem em pé no lugar de honra, à direita de Deus!” (At 7.55,56 NVT). Mas Estêvão, cheio do Espírito Santo, olhou firmemente para o céu e viu a glória de Deus. E viu também Jesus em pé, ao lado direito de Deus. Então disse: —Olhem! Eu estou vendo o céu aberto e o Filho do Homem em pé, ao lado direito de Deus. (At 7.55,56 NTLH). William Barclay destaca três pontos importantes acerca de Estêvão neste texto:

    1. O segredo do seu valor. O primeiro diácono da igreja viu o martírio como sua entrada à presença de Cristo.
    2. 2. O protomártir do cristianismo seguiu o exemplo de Cristo em sua vida e também em sua morte. Assim como Jesus orou pelo perdão daqueles que o executavam (Lc 23.34), também o fez Estêvão.
    3. Para Estêvão, o terrível tumulto terminou em uma estranha paz. Ele dormiu na terra e logo foi recebido no céu pelo próprio Senhor Jesus.

                                                                                                                     

 PARA ILUSTRAR Um sujeito inconveniente gritou a um evangelista que pregava na rua: – Por que Deus não interveio quando Estêvão estava sendo apedrejado? Ao que o evangelista respondeu: – Deus interveio, sim. Concedeu a Estêvão a graça de perdoar seus assassinos e de orar por eles. Que resposta perfeita! Estêvão viu Jesus “em pé” à direita de Deus. Por que em pé? Talvez porque nas cortes judaicas a pessoa que dava testemunho ficava em pé diante do tribunal. Como Estêvão ficou em pé diante do Sinédrio testificando de Jesus, Cristo ficou em pé diante de Deus, falando por Estêvão. Momentos depois, Estêvão, que morreu com uma oração por seus assassinos nos lábios, estava na presença do Senhor. Pouco importa o que os homens dizem ou fazem em relação a nós. O que importa é o que Cristo diz a nosso respeito diante do trono do Pai.

VERDADE PRÁTICA

 A expressão mais importante na verdade prática é o termo “graça”. Mas afinal, o que é a graça? Trata-se de “uma palavra muito mal compreendida, e defini-la de maneira breve é notoriamente difícil. […] Uma das definições mais conhecidas do termo graça consiste em apenas quatro palavras: Favor imerecido de Deus. A. W. Tozer desdobrou isso: ‘Graça é o bom prazer de Deus que o inclina a dispensar benefícios aos não merecedores’. Berkhof é mais preciso: Graça é ‘a operação imerecida de Deus no coração do homem, efetuada por meio da ação do Espírito Santo’” (MACARTHUR, 2017, p. 61-62). Um dos benefícios ou operações da graça é convicção de que, quer na vida ou na morte, o nosso maior tesouro de um homem é Cristo. Se vivemos, é para honrar o Senhor. E, se morremos, é para honrar o Senhor. Portanto, quer vivamos, quer morramos, pertencemos ao Senhor. (Rm 14.8 NVT). Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é lucro. (Fl 1.21 NAA). Iniciado em Hernhut, Alemanha no século 18, o movimento de oração continua (24 horas) chamado Moravianos durou por quase 100 anos, e eles não oravam por aquilo que não estavam dispostos a ser a resposta. Dois jovens Moravianos, de 20 anos ouviram sobre uma ilha no Leste da Índia cujo dono era um Britânico agricultor e ateu, este tinha tomado das florestas da África mais de 2000 pessoas e feito delas seus escravos, essas pessoas iriam viver e morrer sem nunca ouvirem falar de Cristo. Esses jovens fizeram contato com o dono da ilha e perguntaram se poderiam ir para lá como missionários, a resposta do dono foi imediata: “Nenhum pregador e nenhum clérigo chegaria a essa ilha para falar sobre essa coisa sem sentido”. Então eles voltaram a orar e fizeram uma nova proposta: “E se fossemos a sua ilha como seus escravos para sempre?”, o homem disse que aceitaria, mas não pagaria nem mesmo o transporte deles. Então os jovens se venderam como escravos e usaram o valor para custear sua viagem. No dia que estavam no porto se despedindo do grupo de oração e de suas famílias o choro de todos era intenso, pois sabiam que nunca mais veriam aqueles irmãos tão queridos, quando o navio tomou certa distância eles dois se abraçaram e gritaram suas últimas palavras que foram ouvidas: “QUE O CORDEIRO QUE FOI IMOLADO RECEBA A RECOMPENSA DO SEU SOFRIMENTO”. Minha grande expectativa e esperança é que eu jamais seja envergonhado, mas que continue a trabalhar corajosamente, como sempre fiz, de modo que Cristo seja honrado por meu intermédio, quer eu viva, quer eu morra. (Fl 1.20 NVT).

  1. O TESTEMUNHO DE ESTÊVÃO

1.1 Um novo problema que precisa de solução. Sobre o contexto do capítulo 6 do livro de Atos, fica muito evidente que a igreja havia crescido de forma inacreditável numericamente falando; veja os textos provas até então: Os que aceitaram a mensagem foram batizados, e naquele dia houve um acréscimo de cerca de três mil pessoas. (At 2.41 NVI). Mas, muitos dos que tinham ouvido a mensagem creram, chegando o número dos homens que creram a perto de cinco mil. (At 4.4 NVI). Em número cada vez maior, homens e mulheres criam no Senhor e lhes eram acrescentados (At 5.14 NVI). Aquele grupo de 120 irmãos (At 1.15), agora, pelo poder do Espírito, através da pregação do evangelho, transformou-se em uma grande multidão. A congregação cresceu, e juntos com essa adição numérica, os problemas se multiplicaram. A matemática é simples, quanto mais gente para lidar, maior são os problemas para se resolver. Além dos problemas advindos da expansão quantitativa, H.D.L aponta algumas investidas de Satanás com finalidade de solapar as bases da igreja.

1.1.1 Em primeiro lugar, o diabo usou a arma da ameaça e da perseguição. (Medo). O sinédrio tentou calar os apóstolos, mas ousadamente eles continuaram a proclamar o nome de Jesus. A tentativa do diabo era destruir a igreja fora para dentro. (At 4.17).

1.1.2 Em segundo lugar, o diabo usou a arma da infiltração. (hipocrisia no serviço e no culto a Deus). Satanás encheu o coração de Ananias e de sua esposa com o intuito de contaminar os membros da igreja. Ele, o nosso inimigo, estava tentando destruir a igreja de dentro para fora, mas Pedro foi usado com poder do Espírito e os planos malignos foram frustrados. (At 5.1-11).

1.1.3 Em terceiro lugar, o diabo usou a arma da distração. (Fazer aumentar a murmuração entre os santos e minguar o ministério da Palavra de oração). Um tumulto no meio da comunidade cristã estava colocando em risco a comunhão da igreja. A comunhão, que fora atacada pela hipocrisia de Ananias e Safira, estava novamente sendo ameaçada pela injustiça. (At 6.1-6).

1.2 A solução apresentada. O problema é identificado

(6.1) a solução é apresentada

(6.2-6), e o resultado foi o crescimento da igreja

(6.7). Ralph Earle diz que temos aqui uma ajuda prática de como solucionar problemas: reconhecer o problema (6.1,2a); recusar-se a negligenciar o que é essencial

(6.2b); remover as causas de reclamações

(6.3-6); e colher os resultados de uma solução sensata

(6.7). A igreja tinha um público misto, judeus e gregos/helenistas. De maneira geral, os cristãos hebreus eram judeus majoritariamente bilíngues, que falavam o aramaico (ou hebraico) e o grego; eles faziam questão de usar o Antigo Testamento hebraico.

O homem cheio de graça é alvo de calunias e conspirações (11,14). Mesmo os homens avivados sofrem rejeição e oposição. Os ímpios investiram seus recursos para se oporem ao homem de Deus. Alugaram falsas testemunhas para caluniarem o santo homem de Deus.

Silvan Santos

Eu Vencerei – Silvan Santos

Eu aprendi que a vida não é fácil
Eu sei que é difícil prosseguir
Eu sei que quando tudo está bem
Aí não falta nada, não falta ninguém
Amigos pra sorrir a gente sempre tem

Mas quando o plano dá errado
Aí te julgam fracassado
E do teu lado não fica ninguém
Os amigos se vão
E quem sorria com você
Te deixa jogado à solidão

É assim (é assim)
Nesse mundo de aparência
Só se vale o que se tem
Quem tem muito, vale muito
E quem não tem não é ninguém
Nem por isso vou deixar me abater

Mas na lei de Deus
Quem se exalta é humilhado
E quem se humilha é exaltado
Com amigo ou sem amigo
Eu sempre vou lutar
Na certeza que está comigo
O grande Deus, Jeová

Eu vencerei
Vou lutar, vou insistir
Eu sei que vencerei
Deus está comigo
Meu fiel amigo
Eu sei que vencerei
Qualquer dia esta muralha vai cair

Eu vencerei
A prova vai passar, a porta vai se abrir
Então eu passarei
E como recompensa de todas as lágrimas que chorei
O troféu da vitória eu receberei

É assim (é assim)
Nesse mundo de aparência
Só se vale o que se tem
Quem tem muito, vale muito
E quem não tem não é ninguém
Nem por isso vou deixar me abater

Mas na lei de Deus
Quem se exalta é humilhado
E quem se humilha é exaltado
Com amigo ou sem amigo
Eu sempre vou lutar
Na certeza que está comigo
O grande Deus, Jeová

Eu vencerei
Vou lutar, vou insistir
Eu sei que vencerei
Deus está comigo
Meu fiel amigo
Eu sei que vencerei
Qualquer dia esta muralha vai cair

Eu vencerei
A prova vai passar, a porta vai se abrir
Então eu passarei
E como recompensa de todas as lágrimas que chorei
O troféu da vitória eu receberei
O troféu da vitória eu receberei

REFLEXÕES PARA OS DIAS ATUAIS

“Minha é a prata, e meu é o ouro, diz o Senhor dos Exércitos” (Ageu 2:8).

Leia mais…

Como fugir do piloto automático em uma sociedade cada vez mais acelerada

Tenho ouvido falar que os dias estão passando mais rápido, aquela sensação de piscar o olho e já ser abril, de piscar de novo e já ser Natal. Já tem gente vendo a roupa para o próximo Ano Novo. 2023 acabou de começar e já estamos em fevereiro. Eu mal consegui digerir a rabanada do Natal, quiçá os meus sentimentos que muitas vezes guardo na gaveta de “resolver depois”. Depois quando?Às vezes sinto que estou sendo atropelada por um turbilhão de informações, tendências, trends, lançamentos, novas versões de coisas que acabaram de ser lançadas. No celular, o tempo todo estamos atualizando versões. Só esquecemos de nos atualizar, de nos consultar, de pararmos e olharmos para nós, reiniciarmos o sistema, mandar para a lixeira o que já não nos serve mais.Esquecemos de colocar um antivírus no nosso HD para que nos seja alertado que estamos em perigo ao lidarmos com toxicidades de todos os tipos, desde pessoas até comida que ingerimos sem sequer prestar atenção no que é, porque estamos literalmente no automático. E o horário do almoço é ótimo para dar aquela navegada no Instagram ou escolher o próximo sapato. Estamos como máquinas, mas somos humanos; estamos como robôs, mas temos sentimentos; estamos suprimindo nossos sentimentos em detrimento à coisas que supostamente são mais importantes. Sim, isso também inclui trabalho e carreira. Estamos todas exaustas.Os dias podem até estar passando mais rápido, mas pouco importa, uma vez que raramente fazemos uso deles para cuidarmos de nós, e eu aqui também não estou falando dos milhares de tratamentos dermatológicos que você, ao sentar na cadeira, pensa silenciosamente: “esse é o meu momento”, “eu mereço”, “quero ficar com a pele igual a da fulana” ou até um “tenho certeza de que agora ele vai me querer, preciso me cuidar”.Você já viu como as mulheres estão se cuidando? É evidente que a indústria AMA, e por isso lança toda semana um novo aparelho ainda mais revolucionário, seu rosto ainda está descamando do último tratamento que você fez, mas calma, pois o próximo é melhor ainda. A sensação é de passar a vida com o rosto tostado. Então, voltando… Eu respeito e faço uso desse tipo de cuidado externos. Mas não é dele que estou falando. Antes de entrar no “X” da questão, gostaria de trazer mais um ponto de reflexão. Mulheres, esse é o nosso momento. O que era também para a trazer um pouco de alívio tem nos deixado aflitas, estamos conquistando espaços há muito tempo almejados por nós. O pacto com a perfeição, que desde muito tempo nos prestamos a cumprir, ganhou um novo desdobramento, estamos famintas por trabalho, sedentas por ocupar cargos que até ontem nem cogitávamos. E não porque não éramos competentes o suficiente, mas porque não era sequer nos dado a chance. E, para completar, você ainda tem que estar gata, bonita, elegante, cabelo escovado, unha feita e depilada, porque é isso que é esperado de você e é isso que você se cobra: dar conta de tudo e ainda chegar do trabalho, ser uma supermãe e super mulher, lavar a louça de body e salto alto, porque se não agradar o marido, ele te larga.

vogue

Teoria conspiratória do Exército guiou ataques de Bolsonaro aos Yanomami, dizem especialistas

Se dependesse do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), a Terra Indígena Yanomami não existiria. Quando era parlamentar, ele atuou para impedir a demarcação do território. Sua justificativa era que os indígenas poderiam se separar do Brasil e fundar um país independente, com ajuda de organizações não governamentais (ONGs). Conforme especialistas ouvidos pelo Brasil de Fato, a ideia não tem lastro na realidade, mas está presente na cultura do Exército brasileiro. Em 1995, o coronel Carlos Alberto Lima Menna Barreto publicou o livro chamado A farsa Ianomâmi, em que alertava para o suposto perigo do separatismo e chegava a questionar a existência dos Yanomami enquanto povo. Em janeiro deste ano, Bolsonaro usou a expressão “farsa da esquerda” para se referir à crise humanitária em Roraima.

A escolha das palavras não é coincidência, segundo João Roberto Martins Filho, estudioso da atuação das Forças Armadas na política e professor da Universidade Federal de São Carlos (UFScar).

“Realmente o Bolsonaro colocou essa ideia dos militares no centro dos atos dele. Quando nós vemos hoje a situação dos Yanomami, que vai com certeza render ao Bolsonaro um processo internacional, nós vemos a que ponto chegou essa política de considerar os indígenas como praticamente inimigos. Não há dúvida nenhuma que isso aconteceu no governo Bolsonaro. Ele levou ao extremo essa interpretação das questões Yanomami”, analisa o especialista. Na década de 1970 a ditadura militar abriu estradas na Amazônia, que provocaram conflitos e epidemias no território Yanomami, ainda não demarcado. As violações foram denunciadas por países da Europa e organizações do terceiro setor. As teorias conspiratórias sobre os Yanomami surgiram em meio a acusações de que o Exército estaria violando gravemente o direito dos indígenas. O coronel e autor Menna Barreto morreu em 1995. Mas, segundo o pesquisador da UFSCar, a mentalidade anti-indígena segue influenciando os oficiais do Exército.“Os militares insistem muito nesse ponto de que um dia, por uma campanha internacional, aquela região dos Yanomami pode virar uma região contestada e ser reconhecida como território independente pela ONU [Organização das Nações Unidas]. Coisa que é absolutamente inverídica e fora de propósito. Mas esses são os mitos que vão sendo alimentados, principalmente dentro do Exército”, afirma Martins Filho. 


Capa do livro “A Farsa Ianomâmi”, do coronel Carlos Alberto Lima Menna Barreto / Reprodução/Redes Sociais

Fake news em plena crise humanitária

O líder Yanomami Dário Kopenawa lamenta ter que rebater notícias falsas enquanto vê seus parentes – crianças e idosos – morrerem de fome e doenças tratáveis. Ele criticou autoridades bolsonaristas, entre elas Hamilton Mourão (Republicanos), ex-presidente do Conselho da Amazônia e senador pelo Rio Grande Sul. Ao comentar a calamidade na terra indígena Yanomami, o general Mourão disse em entrevista a uma rádio gaúcha que “há trânsito de indígenas da Venezuela”, ecoando um argumento falso utilizado amplamente por bolsonaristas de que as vítimas da crise humanitária não seriam brasileiras.“Isso é uma mentira. Eles estão mentindo nas redes sociais, estão mentindo na imprensa. Parem de mentir!”, rebateu, irritado, Dário Kopenawa, em entrevista exclusiva ao Brasil de Fato concedida na semana passada. “Temos Yanomami no Brasil e venezuelanos também. Nossos parentes também estão lá [na Venezuela]. Mas esses parentes [vítimas da crise humanitária] não são venezuelanos. São os do Brasil. Repetindo, são [das comunidades] Surucucu, Homoxi, Kayanau, Parafuri, Kataroa… São brasileiros”, enfatizou o líder Yanomami. 

Indígenas ajudaram militares na fronteira

Leia mais…

Biden, parlamentares, sindicalistas: Lula tem agenda intensa nos EUA nesta sexta

Acompanhado da primeira-dama, Janja, presidente brasileiro chegou aos Estados Unidos na quinta-feira (9) – Ricardo Stuckert

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) terá uma intensa agenda diplomática nesta sexta-feira (10). Na primeira visita aos Estados Unidos após o início do terceiro mandato, ele se encontrará com o presidente estadounidense, Joe Biden, e terá ainda reuniões com parlamentares e sindicalistas do país.O primeiro encontro acontecerá às 12h30 (pelo horário de Brasília) com o senador Bernie Sanders. Hoje filiado ao Partido Democrata, Sanders entrou para a história como o mais longevo congressista independente dos Estados Unidos, tendo atuado como deputado entre 1991 e 2007 e, desde 2007, como senador. Em 2016 e 2020, ele tentou candidaturas à presidência, mas foi derrotado nas primárias.Sanders denunciou a perseguição política sofrida por Lula no período em que ficou preso em Curitiba, e demonstrou apoio ao petista na campanha para as eleições presidenciais no Brasil em 2022. Uma das figuras mais relevantes da esquerda nos Estados Unidos, o senador foi um dos primeiros políticos estrangeiros a reconhecer a vitória do atual presidente brasileiro na disputa contra Jair Bolsonaro (PL).Após o encontro com o senador, Lula terá audiência com deputados do Partido Democrata, a partir das 13h15 (sempre pelo horário de Brasília). Embora a Presidência da República não tenha divulgado os nomes dos congressistas que comparecerão, é esperada a presença de Alexandra Ocasio-Cortez, deputada socialista de Nova York. Ela foi uma das parlamentares estadunidenses a defender a extradição de Bolsonaro do país.Mais tarde, às 14h, o presidente brasileiro vai se reunir com representantes da Federação Americana de Trabalho e Congresso de Organizações Industriais (AFL-CIO, na sigla em inglês), principal central sindical dos EUA. Em 2018, quando Lula registrou sua candidatura (que mais tarde seria impugnada pelo Tribunal Superior Eleitoral), a central enviou uma grande delegação ao Brasil e demonstrou apoio público ao petista. O primeiro encontro de Lula com Biden está previsto para 18h, na Casa Branca, sede do governo dos EUA. Mais cedo, Lula disse em uma rede social que espera que a conversa abra uma relação “muito produtiva”.Depois do encontro restrito, os presidentes participarão de uma reunião ampliada, com representantes governamentais dos dois países. 

Expectativas

Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, após as reuniões entre os presidentes, os Estados Unidos vão anunciar envio de recursos para o Fundo Amazônia, que já conta com colaboração da Alemanha e da Noruega para  ações de combate ao desmatamento.O colunista Jamil Chade, do UOL, disse que do encontro sairá também um compromisso político de defesa da democracia. A ideia é “virar a página” em temas como negacionismo e ataques às instituições democráticas, deixando para trás os governos de Jair Bolsonaro e Donald Trump.

Edição: Rodrigo Durão Coelho

Mortes no terremoto da Turquia e da Síria passam de 22 mil, e sobreviventes são retirados com vida mais de cem horas sob escombros

Cem horas de angústia e desespero, centenas de toneladas de escombros, um número de vítimas cada vez maior, resgates emocionantes e a dificuldade para a chegada de ajuda. É com este balanço que o sul da Turquia e o norte da Síria fecham uma das piores semanas na história na região, após o terremoto de magnitude 7,8 que atingiu o local na segunda-feira (6).

O número oficial de mortos por conta do tremor passa de 22 mil – a contagem quadruplicou desde segunda-feira (6), e a Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que pode chegar a 40 mil. O avanço das mortes tornou este terremoto pior e mais mortal dos últimos 80 anos – superando outro tremor em território turco em 1999, que teve 17 mil mortos – e o sétimo mais mortal do mundo (veja aqui a lista completa dos últimos 20 anos)

Escavadeira prepara sepulturas para as vítimas do terremoto em Hatay, Turquia — Foto: REUTERS/Umit Bektas

Escavadeira prepara sepulturas para as vítimas do terremoto em Hatay, Turquia — Foto: REUTERS/Umit Bektas

Até agora, estas são as principais informações sobre o terremoto:

  • Há 22.588 mortes confirmadas – 19.388 na Turquia e mais de 3.200 na Síria – levando em conta os balanços fornecidos pelo governo nacional e por grupos de resgate que atuam no noroeste do país, controlado por jihadistas e rebeldes.
  • O terremoto ocorreu na madrugada de segunda-feira (6) no povoado de Kahramanmaras, no sudoeste da Turquia, perto da fronteira com a Síria.
  • Cerca de 1.500 réplicas foram registradas após o primeiro tremor.
  • Milhares ainda estão desaparecidos, e mais de 50 mil ficaram feridos.
  • Mais de 70 países enviaram ajuda humanitária e equipes de resgate, que já chegaram aos dois países – a primeira equipe do Brasil embarcou nesta quinta.
  • O governo turco declarou estado de emergência por três meses em dez cidades.
  • O tremor durou cerca de um minuto e meio e teve um raio de alcance de 250 quilômetros, atingindo centenas de municípios.
  • O epicentro ocorreu a 10 quilômetros da superfície – profundidade considerada muito baixa e que explica, em parte, os efeitos devastadores.
  • O tremor também foi sentido em Israel, no Iraque, no Chipre e no Líbano. Não há registro de vítimas nesses países.
  • raio de alcance do tremor foi de 250 quilômetros e, portanto, foi fortemente sentido em centenas de municípios e cidades dos dois países.
  • Foi o pior terremoto desde 1939 na região, muito propensa ao fenômeno por ser uma área de encontro de placas tectônicas.
  • Mais de 70 mil pessoas ficaram feridas, e milhares ainda estão desaparecidas.
Menina em local de prédio que desabou após terremoto na Turquia — Foto: REUTERS/Dilara Senkaya

Menina em local de prédio que desabou após terremoto na Turquia — Foto: REUTERS/Dilara Senkaya

Mulher se desespera após terremoto que deixou milhares de mortos na Turquia. — Foto: REUTERS/Kemal Aslan

Também nesta sexta-feira (10), a ajuda humanitária começou a chegar na Síria – a região afetada pelo terremoto nesse país é controlada por rebeldes, rivais ao presidente do país, Bashar al-Assad, que é quem oficialmente recebe toda a ajuda enviada por outros países.Bashar al-Assad, que visitou nesta sexta à região, é acusado de não estar distribuindo a ajuda por conta da rivalidade.Por enquanto, o socorro na parte síria afetada pelo terremoto é feita quase toda por cerca de 3.000 Capacetes Brancos, o grupo de voluntários que atuam no país há anos.Para acelerar o socorro à Síria, a ONU abriu nesta sexta-feira um corredor humanitário entre o sul da Turquia e o norte sírio. Ancara afirmou também estar estudando abrir as fronteiras na região para facilitar a entrada de ajuda no país vizinho. A OMS disse nesta sexta que os recursos de resgate e manutenção das operações na Síria estão perto de terminar.

Essa ajuda é crucial, também para sobreviventes e pessoas que tiveram suas casas destruídas – a Turquia estima em mais de 70 mil esses afetados só na Turquia. Eles passaram a noite sob temperaturas negativas e sem aquecimento, dependendo apenas da alimentação e mantimentos da ajuda internacional.

Histórias emocionantes do resgate

Terremoto na Turquia e na Síria: resgates emocionantes
Terremoto na Turquia e na Síria: resgates emocionantes

Apesar de todas as dificuldades, as equipes de busca têm conseguido fazer resgates bem-sucedidos e emocionantes, superando expectativas.Nesta sexta, uma mulher e seu bebê de apenas dez dias foram resgatados com vida após ficarem mais de cem horas sob os escombros, segundo o governo turco.Ao longo da semana, o trabalho das equipes de resgate também gerou histórias de superação e outras devastadoras, entre elas:

Mulher se senta em meio aos escombros em Nurdagi, arredores da cidade de Osmaniye, sul da Turquia, nesta terça (7) — Foto: Khalil Hamra/AP

Carros e edifícios destruídos em Kahramanmaras, Turquia, nesta terça-feira (7) — Foto: Adem Altan/AFP

Mulher chora após terremoto em Hatay, Turquia, nesta terça (7) — Foto: Umit Bektas/Reuters

Tremor de magnitude 7,8 deixou mais de 5 mil mortos na Turquia e na Síria, na madrugada de 6 de fevereiro de 2023. No dia seguinte, milhares de pessoas ainda estavam desaparecidas.

Frio

Resgate de vítimas do terremoto em Iskenderun, na Turquia, na noite desta segunda-feira (6). — Foto: Umit Bektas/Reuters

Resgate de vítimas do terremoto em Iskenderun, na Turquia, na noite desta segunda-feira (6). — Foto: Umit Bektas/Reuters

O frio extremo e a quantidade de escombros – as áreas atingidas tinham muitos edifícios – complicam os trabalhos.O vice-presidente turco, Fuat Oktay, reconheceu esta semana que as condições climáticas severas dificultaram os resgates e o envio de ajuda às regiões afetadas.Oktay disse que, diante das dificuldades, apenas veículos de resgate e ajuda estão autorizados a entrar ou sair de Hatay, Kahramanmaras e Adiyaman, três das províncias mais afetadas.As operações de resgate estão se concentrando nessas três províncias e em Malatya.

Conflitos na Síria

Na Síria, os tremores abalaram principalmente o noroeste do país, que é controlado por jihadistas e rebeldeso que dificulta o socorro às vítimas. Os países que não têm relação com o governo sírio estão enviando doações diretamente a ONGs para ajudar os impactados pelo terremoto. Nesta sexta, a Organização das Nações Unidas (ONU) disse ter conseguido enviar seis funcionários à região, que coordenam trabalhos.

Brasileiros na Síria: ‘tremor só aumentava’

Brasileiros na Síria relatam como foi a madrugada em Alepo

Brasileiros na Síria relatam como foi a madrugada em Alepo

Os terremotos que atingiram a Síria e a Turquia nesta segunda-feira (6) deixaram brasileiros desabrigados em território turco, de acordo com o conselheiro da Embaixada do Brasil na Turquia Marcelo Viegas. Não há informações sobre brasileiros mortos ou feridos pelos tremores.

Os brasileiros Lucas Saad e Gabriela Waked estavam em Alepo, na Síria, durante o terremoto. Os dois são produtores de conteúdo e estão fazendo uma viagem longa — Gabriela está viajando há dez meses, Lucas está dando uma volta ao mundo.

g1

PF deflagra operação para combater garimpo ilegal em terras Yanomami

Agentes trabalharão em duas frentes: a inutilização da infraestrutura que sustenta o crime e a busca por provas.

Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (10) uma operação para combater o garimpo ilegal na Terra Indígena Yanomami. A operação Libertação tem como objetivo proteger a população Yanomami por meio da interrupção do garimpo ilegal. De acordo com a Polícia Federal, para impedir o garimpo ilegal, os agentes devem trabalhar em duas frentes: a inutilização da infraestrutura que sustenta o crime e a busca por provas.

“O foco neste momento é interromper a prática criminosa e proporcionar a total e efetiva retirada dos não indígenas da Terra Yanomami, preservando os direitos humanos de todos os envolvidos”, diz PF.

Como reforça o chefe da Diretoria de Meio Ambiente e Amazônia da PF, Humberto Freire, “o foco das ações é na logística do crime e no registro da materialidade delitiva, não nas pessoas envolvidas, de modo a evitar que haja dificuldades na saída dos não indígenas da Terra Yanomami”.

O diretor ressalta também a importância de se evitar uma outra crise humanitária, em relação aos garimpeiros que não consigam sair da área e também acabem sem meios de subsistência mínima. “Não podemos esquecer que o foco principal da operação é a desintrusão total dos não índios da TI Yanomami”, reforça. A estimativa é que ao menos 20 mil garimpeiros estejam na Terra Indígena Yanomami. A ação ilegal deles causou uma crise humanitária sem precedentes no território. São pouco mais de 30 mil Yanomami na área que deveria, por lei, ser preservada. No entanto, tem sofrido com o avanço do garimpo ilegal, que só em 2022 cresceu 54%. A operação Libertação segue em andamento até o restabelecimento da legalidade na Terra Indígena Yanomami, afirma a PF. A ação de combate ao crime é liderada pela Polícia Federal e composta pelo Ibama, Funai, Força Nacional e Ministério da Defesa.As ações de planejamento são realizadas no Centro de Comando e Controle da operação Libertação, localizado na Superintendência Regional da Polícia Federal em Roraima para permitir a atuação, de maneira integrada, dos órgãos envolvidos na ação. A operação faz parte das ações de repreensão ao garimpo ilegal na Terra Yanomami. Na última quarta-feira (8), a força-tarefa do governo federal destruiu um avião, um trator de esteira e estruturas usadas pelos garimpeiros no apoio logístico da atividade. A ação apreendeu três barcos com cerca de 5 mil litros de combustível. As embarcações transportavam cerca de uma tonelada de alimentos, freezers, geradores e antenas de internet. Tudo foi apreendido e encaminhado à base da força-tarefa no local (assista abaixo).

Operação contra garimpo ilegal na Terra Yanomami destrói equipamentos
Operação contra garimpo ilegal na Terra Yanomami destrói equipamentos

 

Operação contra lavagem de dinheiro

A PF deflagrou outra operação nesta sexta esta contra a lavagem de dinheiro oriundo de ouro ilegal. São cumpridos oito mandados de busca e apreensão, bem como de bloqueio de bens, em Roraima e Pernambuco. O objetivo da operação é investigar uma organização criminosa que estaria por traz do esquema de lavagem de dinheiro. Os mandados foram expedidos pela 4ª Vara Federal Criminal da Justiça Federal em Roraima.

Fuga dos garimpeiros

Leia mais…

Emas e peixes mortos: entenda o caso dos animais da presidência e veja o que diz cada governo

Por g1

 

Fachada do Palácio do Alvorada, em Brasília — Foto: Ichiro Guerra/ Presidência da República

Fachada do Palácio do Alvorada, em Brasília

— Foto: Ichiro Guerra/ Presidência da República

A troca de governo fez o Palácio da Alvorada ganhar novos moradores em 2023: Luiz Inácio Lula da Silva, presidente da República eleito em 2022, e sua mulher, a socióloga Janja, se mudaram para residência onde antes moravam Jair Bolsonaro (PL), que deixou o cargo, e Michelle, ex-primeira-dama.Mas permaneceram no Alvorada alguns “antigos moradores”, caso das carpas do espelho d’água e as emas dos jardins, que viraram centro de polêmica nesta se

As carp

Primeiro, carpas do espelho d´água morreram, conforme revelado pelo “Metrópoles”. No local onde elas viviam, era comum que visitantes jogassem moedas, num ritual que acredita-se trazer sorte. Segundo o Planalto, cerca de 70 carpas viviam no espelho d’água em 2022. Atualmente, menos de dez ainda estão vivas.

  • O que diz a gestão atual:

A Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) afirmou, nesta quinta-feira (9), que as carpas morreram após limpeza ordenada na gestão anterior, que foi feita por uma empresa terceirizada de 27 de dezembro, quando o presidente ainda era Bolsonaro, e 2 de janeiro. “Nesse contexto, a maioria das carpas que viviam ali acabaram morrendo em função da baixa oxigenação da água e também por causa do transporte para colocação no reservatório secundário”, disse a Secom. A pasta também afirmou que não há informações claras sobre se houve a retirada de moedas do espelho, mas que hoje há “pouquíssimas” moedas no local e que “cabe à gestão anterior explicar o que foi feito com elas”.

  • O que diz a gestão anterior:

Na quarta-feira (8), um dia antes do comunicado do governo Lula, a ex-primeira dama Michelle Bolsonaro afirmou, em rede social, que a limpeza teve início no dia 2 de janeiro, “portanto, após nossa saída do Palácio”. “Houve relatos de que, no dia 10/1, peixes começaram a morrer. Portanto, toda operação de retirada dos peixes e limpeza do espelho d’água ocorreu muito depois de nossa saída da residência”, escreveu ela. Michelle afirmou, no entanto, que, antes de deixar o Palácio, no dia 30 de dezembro, expressou o desejo de que, “se fosse possível, quando realizassem a limpeza, as moedas que repousavam no fundo do espelho d’água fossem recolhidas e, em seguida, doadas a uma instituição de caridade que cuida de mais de oitenta ‘especiais'”. Ela também postou um vídeo de um representante dessa instituição agradecendo a doação e um recibo.

As emas

A Casa Civil informou, nesta quinta-feira (9), a morte de três emas dos jardins das residências oficiais da Presidência da República. O caso foi descoberto pelo “UOL”. Foram registradas a morte de uma ema no Palácio da Alvorada, moradia do presidente da República, e duas na Granja do Torto, espécie de casa de campo à disposição do governo.

  • O que diz a gestão atual:

De acordo com a Casa Civil, a autópsia da ema morta no Alvorada apontou excesso de gordura visceral como uma possível causa do óbito. A causa será apontada de forma definitiva em laudo que vai ser divulgado na segunda semana de fevereiro. Segundo a pasta, o governo federal tomou conhecimento das mortes e verificou mau estado de saúde em outras aves dos jardins da Presidência e, por isso, adotou providências para “adequar as instalações físicas dos animais”.

  • O que diz a gestão anterior:

Não há informações sobre declarações de Bolsonaro e Michelle, nem de nenhuma autoridade da gestão anterior, sobre a situação das emas.

Número de mortos em terremoto na Turquia e Síria passa de 16 mil; frio agrava situação

As temperaturas abaixo de zero agravam a situação dos sobreviventes e dificultam o trabalho desesperado das equipes de emergência na Turquia e Síria, onde o balanço do terremoto de segunda-feira (6) superou 16 mil mortes.Mais de 72 horas após o terremoto, o período com mais possibilidades de encontrar sobreviventes, as autoridades temem um aumento dramático do número de vítimas fatais devido ao elevado número de pessoas que, calculam, continuam presas nos escombros. Após o choque inicial, o descontentamento é cada vez maior entre a população com a resposta das autoridades ao terremoto que, segundo admitiu o presidente turco Recep Tayyip Erdogan, teve “deficiências”.Vários sobreviventes foram obrigados a procurar alimentos e refúgio por conta própria. Sem equipes de resgate em vários pontos, alguns observaram impotentes os pedidos de ajuda dos parentes bloqueados nos escombros até que suas vozes não fossem mais ouvidas.“Meu sobrinho, minha cunhada e a irmã da minha cunhada estão nos escombros. Estão presos nas ruínas e não há sinais devida”, afirmou Semire Coban, professora de uma creche na cidade turca de Hatay.“Não conseguimos chegar até eles. Tentamos falar com eles, mas não respondem”, acrescentou.Os socorristas continuam encontrando sobreviventes entre os escombros, mas o balanço de mortes não para de aumentar. Os números mais recentes mostram 16.035 óbitos: 12.873 na Turquia e 3.162 na Síria. A questão da ajuda é delicada na Síria, país afetado pela guerra civil, com regiões sob controle dos rebeldes e um governo que tem a inimizade do Ocidente. Os Capacetes Brancos, que lideram os esforços de resgate nas zonas rebeldes, imploraram por ajuda. “Pedimos à comunidade internacional que assuma sua responsabilidade com as vítimas civis”, declarou à AFP o porta-voz do grupo de voluntários, Mohammad al Chebli. “É uma verdadeira corrida contra o tempo, as pessoas morrem a cada segundo nos escombros”, acrescentou.O coordenador da ONU na Síria também pediu ao governo sírio que facilite a entrega de ajuda humanitária às áreas sob controle rebelde e alertou que as reservas de emergência devem acabar em breve.“Deixem a política de lado e nos permitam realizar nossa tarefa humanitária”, disse à AFP El Mostafa Benlamlih.O regime sírio de Bashar al Asad também pediu formalmente ajuda à União Europeia.Uma década de guerra civil e bombardeios aéreos da Síria e da Rússia destruíram hospitais, provocaram o colapso da economia e cortes diários de energia elétrica, combustíveis e do abastecimento de água.A Comissão Europeia pediu aos países membros que respondam de maneira favorável aos pedidos de Damasco para o envio de alimentos e remédios, mas com vigilância para impedir o desvio de material. A União Europeia enviou rapidamente equipes de emergência para a Turquia, que também recebeu ajuda dos Estados Unidos, da China e dos países do Golfo, mas inicialmente ofereceu assistência mínima à Síria por causa das sanções contra o regime de Assad.

istoe

Twitter anuncia limitação de postagens por mês para acabar spam

O Twitter anunciou na noite desta quarta feira, 8 de fevereiro, que irá começar a limitar os usuários de fazerem apenas mil e quinhentos tweets por mês (Crédito: Arquivo / Agência Brasil)

O Twitter anunciou na noite desta quarta feira, 8 de fevereiro, que irá começar a limitar os usuários de fazerem apenas mil e quinhentos tweets por mês, para que não haja mais spam na plataforma.A mudança foi anunciada logo após a rede social apresentar um bug que não deixava ninguém publicar na rede social. Confira o texto traduzido postado pela plataforma: “Uma nova forma de acesso gratuito será introduzida, pois isso é extremamente importante para o nosso ecossistema – limitado à criação de Tweets de até 1.500 Tweets por mês para um único token de usuário autenticado, incluindo Login com o Twitter”

istoedinheiro

PT quer presidir CCJ e comissões de educação, meio ambiente e direitos humanos na Câmara

A bancada do PT na Câmara dos Deputados pretende assumir a presidência de ao menos cinco comissões neste ano na Casa: a de Constituição e Justiça (CCJ), de Educação, de Meio Ambiente, de Direitos Humanos e de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC). Os comandos das comissões ainda não foram definidos, embora as articulações estejam em curso há semanas. O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou nesta quarta-feira (8) que deve promover uma reunião de líderes partidários na próxima terça-feira (14) para discutir os comandos das comissões com as legendas na Casa. A expectativa é que os colegiados passem a funcionar apenas depois do carnaval. O PT prevê ficar com a CCJ, tida como a mais importante da Câmara, e indicar o deputado Rui Falcão, ex-presidente do partido, ao comando dela. Embora tenha formado a segunda maior bancada da Casa – a maior pertence ao PL –, o PT deve conseguir escolher o colegiado a partir de um acordo costurado por Lira com o PL.

Os partidos costumam poder escolher as comissões que querem presidir com base nas bancadas formadas nas últimas eleições e em acordos firmados. Por isso, nem sempre conseguem pegar todas as comissões de preferência, se outras siglas conseguirem pegá-las antes. A prioridade do PT é assegurar a CCJ. Após a escolha dos demais maiores partidos, os petistas têm como meta ficar com o comando das outras comissões citadas, se sobrarem.

Leia mais…

Lula embarca rumo aos EUA para encontro com Joe Biden na Casa Branca

A expectativa, de acordo com a assessoria do presidente, é que o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) pouse no período da noite desta quinta.Lula e Janja ficarão hospedados na Blair House, também conhecida como “The President’s Guest House” (Casa de hóspedes do presidente, em tradução livre), por costumeiramente ser a residência oficial onde ficam os chefes de Estado que visitam Washington.Em março de 2019, quando foi aos Estados Unidos a convite do então presidente Donald Trump, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) também se hospedou na Blair House.

Compromissos oficiais

Na sexta-feira (10) o chefe do Executivo brasileiro terá uma série de compromissos.

Além da reunião com Biden, estará com o senador democrata Bernie Sanders, um dos autores da resolução no Congresso para que, no ano passado, o resultado da eleição no Brasil fosse imediatamente reconhecido, o que foi visto como um ato em defesa à democracia. O petista também terá um encontro com lideranças sindicais norte-americanas. Segundo apuração da âncora da CNN Daniela Lima, o presidente brasileiro quer construir uma relação pessoal com Biden, a exemplo do forte vínculo que tinha com George W. Bush e do bom elo que construiu com Barack Obama.

Esse último, inclusive, chegou a se referir a Lula como “o cara” durante uma reunião do G20, em Londres.

A expectativa é de que Lula também leve para o centro do debate a importância do Brasil para a manutenção da democracia nas Américas e a capacidade do país como força de combate à extrema-direita. Nesse sentido, o petista deverá falar sobre os ataques às sedes dos Três Poderes em Brasília, no dia 8 de janeiro, e sobre como estão as investigações sobre os atos criminosos. Fontes ligadas a Lula garantem que o presidente brasileiro está preparado para responder sobre as ações do Supremo Tribunal Federal (STF) no caso. Além da diferença das legislações de entre Brasil e EUA, o objetivo é mostrar que o que tem sido feito pela Suprema Corte Brasileira é algo inovador para combater os ataques à democracia.

Outras pautas

Biden, por sua vez, pretende discutir com Lula os problemas e as eventuais soluções para questões raciais e sociais nos dois países. A informação foi confirmada à CNN por diplomatas americanos envolvidos na organização do encontro bilateral entre os dois líderes. A ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, estará presente na comitiva. Tanto os diplomatas americanos quanto o Itamaraty concordam que os dois países enfrentam graves problemas nas duas áreas e têm muitas experiências a compartilhar. Ou, como disse um diplomata americano, “um país pode aprender muito com o outro, e vice-versa”. Lula e Biden também vão conversar sobre como encontrar caminhos conjuntos para defender a democracia e debaterão ações concretas para conter as mudanças climáticas e preservar o meio ambiente.

Presidente dos EUA, Joe Biden / Foto de arquivo do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. /Foto tirada em 9 de novembro de 2022 em Washington, EUA/REUTERS/Tom Brenner

O presidente brasileiro já adiantou que pretende debater com o colega americano formas de conter a disseminação de informações deliberadamente falsas no mundo digital.Qualquer avanço neste campo vai depender muito da participação americana, já que as maiores redes sociais do mundo operam a partir daquele paísA ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, estará na viagem e deve tratar de assuntos como mudanças climáticas e a crise dos povos Yanomamis. O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, também estará na delegação brasileira. A volta da comitiva presidencial ao Brasil está programada para o sábado (11). Janja vai ter encontro reservado com esposa de Biden .A primeira-dama brasileira, Janja Lula da Silva, vai ter um encontro reservado com Jill Biden, esposa do presidente dos  .O encontro é mais uma das agendas que compõem a viagem de membros do governo brasileiro, encabeçado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), à capital americana.Janja se reúne com a primeira-dama americana às 15h30 (horário de Brasília). Duas horas mais tarde, às 17h30, é a vez de Lula e Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, sentarem à mesa.Américo Martins, Danilo Moliterno e Giovanna Inoue, da CNN, contribuíram para esta reportagem

Janja durante cerimônia de posse da ministra Marina Silva , realizada no Palácio do Planalto, na cidade de Brasília, / FÁTIMA MEIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Inflação sobe 0,53% em janeiro, pressionada por preços de alimentos, diz IBGE

IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) —que mede a inflação oficial do país–, variou 0,53% em janeiro, quarto mês seguido com alta, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quinta-feira (9). Nos últimos 12 meses, a inflação acumulada é de 5,77%.

Dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados, apenas vestuário apresentou variação negativa. O maior impacto positivo geral no índice veio do grupo de alimentação e bebidas, com alta de 0,59%, contribuindo com 0,13 ponto percentual (p.p.) no IPCA. Dentro desse grupo, os destaques são batata-inglesa (14,14%) e cenoura (17,55%), diz o instituto. A cebola, por outro lado, registrou queda de 22,68% no preço.“As altas nesses dois casos se explicam pela grande quantidade de chuvas nas regiões produtoras. Por outro lado, observamos queda de 22,68% no preço da cebola, por conta da maior oferta vindo das regiões Nordeste e Sul, item que teve alta de mais de 130% em 2022”, diz o gerente da pesquisa, Pedro Kislanov, em nota.O segundo maior impacto positivo no índice geral veio do grupo dos transportes (0,55%), contribuindo com 0,11 p.p. em janeiro, com combustíveis registrando alta de 0,68%.“Nos transportes, os destaques foram a gasolina, com alta de 0,83%, o emplacamento e licença, que incorporou pela primeira vez a fração referente ao IPVA de 2023, com alta de 1,60%, e o automóvel novo, com aumento de 0,83%”, diz Kislanov.

Leia mais…

Cenário de incertezas reforça pedido de cautela da CNM sobre recursos do FPM; repasse será na sexta-feira (10)

As prefeituras recebem na sexta-feira, 10 de fevereiro, o primeiro repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O montante a ser partilhado será de R$ 11,9 bilhões, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). A composição desse valor é influenciada pela arrecadação de janeiro, sendo considerada a transferência mais alta para este mês. Apesar do índice de crescimento, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta os gestores sobre a instabilidade do cenário econômico e de possíveis mudanças após a conclusão do censo demográfico.Levando em consideração os dados divulgados pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), a CNM aponta crescimento de 8,56% no primeiro decêndio de fevereiro comparado com o mesmo período de 2022. Se for desconsiderada a inflação, o percentual também indica aumento, mas oscila para 4,22% no mesmo cenário.

Acumulado

Leia mais…

Fernanda Keulla enfrenta enxurrada para entrar dentro de carro em São Paulo: “perigo”

Fernanda Keulla passou por um perrengue na noite desta terça-feira (07), em São Paulo. A campeã do BBB 13, enfrentou fortes chuvas e precisou se arriscar em uma enxurrada para entrar dentro do carro que estava esperando-a.

“Perigo”

O vídeo foi gravado por um amigo da influenciadora, que registrou o momento que Fernanda tentava chegar até o carro. A enxurrada batia nas pernas de Fernanda e a água chegava até os joelhos com o impacto. Com muita dificuldade, a ex-sister conseguiu entrar dentro do carro. Há 10 anos, Fernanda ganhava o BBB e recebeu o valor de R$ 1,5 milhão, que na época, era muito dinheiro. A sister revelou que conseguiu aproveitar bastante o dinheiro e investiu. “Consegui fazer muitas coisas com o prêmio, que ainda era um milhão e meio. Estou sabendo que esse ano vai ser diferente. Tomara, né? Porque faz 10 anos que ganhei e faz 10 anos que é um milhão e meio. Já estava meio defasado”, afirmou.

observatoriodosfamosos

De pratos asiáticos a empanadas: seis deliveries que valem a pena em São Paulo

Confesso que não sabia desta data, mas soube que hoje, 7 de fevereiro de 2023, comemora-se o Dia Internacional da Internet Segura (Safer Internet Day), que nasceu na Europa em 2004 no projeto SafeBorders da União Europeia.

É inegável que a internet, sem a qual ninguém leria esta coluna, tornou-se quase um item de sobrevivência nos dias de hoje (o que demanda uma dedicação para tornar essa ferramenta acessível a todos – infelizmente em vão).Ouso dizer que a pandemia de Covid-19 acelerou esse processo de “dependência internética” que vivemos, em que muitos se sentem (eu, inclusive), na necessidade de permanecer o máximo de tempo possível online.Mas, logicamente, a internet tem muitos benefícios para os usuários e, a meu ver, a gama tecnológica criada no mercado de delivery é um deles.A otimização de tempo de comunicação entre cliente e restaurante, a possibilidade de, em tempo real, constatar se determinado prato está disponível no dia, e muitas outras ferramentas, facilitam bastante a vida de quem, em frente à telinha, pretende pedir sua refeição.Não estou aqui a falar, por óbvio, da situação dos entregadores que, dia e noite, faça chuva ou faça sol, realizam um trabalho hercúleo sob condições que deveriam ser infinitamente melhores para fechar esse processo de entrega de que já dependemos tanto.O debate sobre essa pauta é grande e aplicativos têm tentado criar modelos de trabalho mais acertados tanto para os entregados quanto para os comerciantes e clientes. Um exemplo disso é o App Justo, que logo no início da pandemia pensaram em um modelo alternativo ao dominante, baseado na transparência e autonomia de seus integrantes.

Via aplicativo, os entregadores podem formar suas frotas e definir o valor de seu trabalho e os restaurantes podem definir suas estratégias comerciais sem receio de que isso impacte negativamente em sua visibilidade no app. Já os consumidores podem escolher quem faz a entrega de seu pedido e têm a garantia de que os prestadores de serviço estão sendo remunerados e tratados de maneira justa. Assim, já que somos dependentes confessos da rede mundial de computadores, que cada vez mais façamos um bom uso da ferramenta. E como estamos aqui para falar de comida e bebida boa, indico a seguir seis deliveries que vão te surpreender em São Paulo: 

Isla Oriente

Isla Oriente é delivery que reúne pratos de vários países asiáticos / Reprodução/Instagram

Voltado para promover uma viagem ao continente Asiático sem que o comensal saia do sofá, o Isla Oriente possui pratos de origem de diversos países, como Japão, China, Tailândia, Malásia, Coréia e Índia. Foi fundado pelo casal Izadora Ribeiro e Marcus Ozi, que antes foram proprietários do Isla Café em Pinheiros. Do cardápio, recomendo o Shumai Isla (dumplings de porco acompanhado de molho sweet chili); o Isla Pad (versão do conhecido pad thai) e o Isla Verde (curry verde de vegetais com leite de coco, servido com arroz de jasmin, chutney de manga e farofa de amendoim).

Papila Deli

Papila Deli possui algumas marcas com entrega de bowls, saladas, pokes, entre outros / Reprodução/Instagram

Inaugurado em dezembro de 2019, fruto do sonho de Antonio MendesAlex Lewcowicz e Bruno Kormes, o Papila Deli possui marcas voltadas para a entrega de pokes, bowls naturais, saladas, doces, sanduíches, sushi e pratos preparados na panela wok. Do extenso cardápio em todas as marcas recomendo o Poke Spicy Tuna, o Donburi Chicken Teriyaki, o Beef Wok e o Sanduba de Frango.

Dozza

Dozza é conhecido por suas esfihas e pratos típicos da culinária armênia / Reprodução/Instagram

Fundado em Osasco por filhos de imigrantes armênios, o Dozza é conhecido por suas ótimas esfihas e outros pratos típicos da culinária armênia. Posteriormente, abriu outras unidades e uma linha de congelados.Para o delivery recomendo as esfihas fechadas (viajam melhor do que as abertas, sempre), em especial a de queijo com basterma (famosa carne curada e bastante temperada), assim como a de carne e a de espinafre.Também são imperdíveis o kibe yeveran (casquinhas de kibe recheadas com coalhada seca e geleia de damasco), o kibe com nozes, o kibe cozido (algo difícil de se encontrar por aí) e as famosas pastas (homus, coalhada seca e babaganoush).

La Guapa Empanadas

La Guapa tem 34 lojas espalhadas pelo Brasil que entregam o tradicional salgado argentino assado / Divulgação

Fundada em 2014 por Paola Carosella e Benny Goldenberg, a La Guapa Empanadas é hoje um verdadeiro império do tradicional salgado argentino assado com perfeição, em diversas lojas espalhadas pelo Brasil. As empanadas são todas feitas à mão, uma a uma, e sempre surgem novos sabores no menu, como a Toscana, lançada nos últimos dias. Do cardápio, minhas preferidas são a clássica Salteña (carne, azeitona, ovo e batata), Pucacapa (cebola caramelizada com queijo derretido) e Porteña (2 queijos com tomate assado e manjericão).

Fat Buddha

Fat Buddah tem cardápio voltado a entradas e pratos japoneses quentes / Reprodução/Instagram

Fundado em 2020 por um grupo de quatro amigos, o Fat Buddah nasceu e continua exclusivamente com o serviço de delivery, com um cardápio voltado para entradas e pratos japoneses quentes.Do cardápio, recomendo a Costela Shogayaki (que acompanha gohan e gema curada), o Fried Rice de Porco com Kimchi (arroz frito com pancetta e a iguaria coreana) e o Orange Chicken Domburi (sobrecoxa de frango com molho de laranja sobre gohan).

Leia mais…