20 de abril de 2024 04:16

freitasnews16

Com ampliação do programa, Farmácia Popular beneficia 22 milhões de brasileiros em 2023

Seis meses após a retomada, o Farmácia Popular apresenta o melhor resultado dos últimos quatro anos: 22 milhões de brasileiros tiveram acesso a medicamentos gratuitos ou com preço subsidiado pelo programa. Com isso, mais de dois milhões de pessoas que haviam deixado de ser atendidas, nos últimos anos, conseguiram acesso aos produtos farmacêuticos.

O aumento é de 8,8%, em comparação com 2022.

Neste ano, foi dada gratuidade completa, a beneficiários do programa Bolsa Família, de 40 medicamentos para 11 doenças. A ação impactou no crescimento de pessoas beneficiadas. Atualmente, o Farmácia Popular está presente em 4.515 municípios brasileiros (81% das cidades brasileiras) e conta com quase 31 mil estabelecimentos credenciados em todo o País. Em junho, mês da retomada e anúncio de ampliação do programa, o Farmácia Popular atendeu 831.809 beneficiários do Bolsa Família. Já em novembro foram 1.030.810, com a dispensação de 156.846.615 medicamentos e fraldas geriátricas. Com isso, houve crescimento de 23,9% no número de pacientes atendidos e um aumento de 19,8% no número de retiradas feitas por pessoa do Bolsa Família.

SAÚDE DA MULHER 

O programa também ampliou o acesso farmacêutico na saúde da mulher, com aumento no número de usuários e na dispensação de medicamentos. Só durante o mês da retomada, 87.536 mulheres retiraram remédios ofertados com 100% de gratuidade desde então – para osteoporose e anticoncepcionais. Seis meses depois, o número saltou para 167.398 mulheres, quase o dobro de pacientes atendidas. Enquanto isso, a dispensação saiu de 242.193 medicamentos de osteoporose e anticoncepção para 453.007 fármacos, um aumento de 87%.Com o relançamento, o credenciamento de novas farmácias e drogarias foi aberto em 811 cidades de todas as regiões do País. A expectativa do Ministério da Saúde é universalizar o programa, cobrindo 93% do território nacional, com estabelecimentos credenciados em 5.207 localidades. A prioridade foi para os municípios que participam do programa Mais Médicos, 94,4% deles nas regiões Norte e Nordeste. Até o momento, foram credenciados 236 novos estabelecimentos em 186 localidades. A iniciativa tem ajudado a diminuir os vazios assistenciais, com 32 cidades do Norte recebendo a primeira unidade cadastrada. Do total, 218 farmácias estão situadas em 170 cidades no Norte e no Nordeste.

jc.ne10

Compartilhe: