20 de abril de 2024 03:36

freitasnews16

Uma profissional dedicada, é assim que Mari Gonzalez (27) se denomina. Repórter e apresentadora contratada da TV Globo, onde tem comandado o Mesacast BBB 24, a baiana tem celebrado o atual momento da carreira. Em entrevista à CARAS Brasil, ela abriu o coração e comentou sobre como tem encarado a oportunidade de apresentar um programa ao vivo para falar sobre o BBB 24 no Globoplay.

“Eu sou comprometida com o meu lado profissional. Não sei – e nem pretendo aprender- a fazer nada pela metade. Mergulho de cabeça. E eu gosto do processo, sou estudiosa, me preparo, revejo algumas cenas e falas. Tenho muito respeito sobretudo ao público que me acompanha, que me incentiva e que me apoia sempre que algo novo surge na minha caminhada profissional”, declara. 

Com pouco mais de um mês de programa no ar, Mari teve que se adaptar rapidamente à dinâmica da atração, que além de comentar sobre BBB 24, também recebe convidados para uma conversa ao vivo. Segundo ela, tudo é feito com muito respeito e tem sido uma experiência profissional enriquecedora. 

“Fazer ao vivo é algo único, inexplicável. A gente precisa estar pronta e também improvisar, lidar com o inesperado. No Big Day, foram muitas horas no ar, conversando com pessoas que trazem pensamentos diferentes, opiniões distintas e com formas de se expressarem muito particulares. Foi uma experiência essencial”, diz.

Apesar de já ter uma certa bagagem como repórter de televisão, Mari diz que o lado ex-BBB tem sido ainda mais importante neste projeto. “Estar nos bastidores, sendo uma ex-BBB, tem um algo a mais, afinal eu estive do outro lado também. As experiências são muito pessoais, mas ter na minha bagagem a estadia na casa mais vigiada do Brasil me traz um olhar mais abrangente e até generoso ao comentar sobre o programa e seus participantes”, avalia. Logo no primeiro dia do MesaCast BBB 24, Mari divertiu os internautas com alguns errinhos que acabaram se tornando memes nas redes sociais. Para ela, momentos de descontração fazem parte do trabalho e, inclusive, faz questão de entrar nas brincadeiras. “Eu também me divirto com eles. Tem que ter um equilíbrio entre não se levar a sério e manter o comprometimento com seus projetos, talvez seja um caminho que eu tenha escolhido genuinamente”, explica.

caras

Compartilhe: