freitasnews16

Ministro Jader Filho anuncia 112,5 mil novas moradias do MCMV Entidades e Rural

Brasília (DF) – O ministro das Cidades, Jader Filho, ao lado do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, anuncia nesta quarta-feira (10), mais de 112,5 mil moradias selecionadas pelo programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) nas modalidades Rural e Entidades.

O investimento previsto é de R$ 11,6 bilhões para beneficiar mais de 440 mil pessoas em áreas rurais e urbanas, de comunidades tradicionais como quilombolas e povos indígenas, famílias organizadas pelos movimentos de luta por moradia, com prioridade para grupos mais vulneráveis como mulheres chefes de família, locais de risco, entre outros. O total de unidades habitacionais selecionadas supera em mais de 140% a meta inicialmente proposta. A ampliação da meta considerou o grande volume de propostas submetidas, a meta do presidente Lula de contratar 2 milhões de novas moradias até 2026 e as possíveis dificuldades e contratempos que podem ocorrer na fase de contratação. O prazo de contratação das propostas selecionadas será de 180 dias, contados da data de publicação da Portaria, podendo ser prorrogado de ofício pelo Ministério das Cidades.

No MCMV Rural, mais de 75 mil moradias foram selecionadas, o que corresponde a um aumento de 150% em relação à meta inicialmente estabelecida. Serão beneficiadas cerca de 300 mil pessoas em 1.274 municípios do País. O valor previsto de investimento para a seleção das propostas do Rural é de até R$ 5,6 bilhões para produção e melhorias de unidades habitacionais. A expectativa é reduzir o déficit habitacional e oferecer mais dignidade às famílias residentes em áreas rurais.  A seleção será dedicada à subvenção econômica aos beneficiários/proponentes da Faixa Rural 1 (renda anual até R$ 31.680,00), sendo isentas da contribuição de 1% do valor do custo da produção ou da melhoria da unidade habitacional, as famílias que recebam o Benefício de Prestação Continuada (BPC), o Programa Bolsa Família ou que estejam sujeitas a situação de emergência ou calamidade, que possuem subsídio integral do Orçamento Geral da União (OGU).

O MCMV Rural é operado com recursos do OGU, por meio de operações de subvenção às famílias beneficiadas. A modalidade conta com um Comitê de Acompanhamento composto por entidades representativas de agricultores e trabalhadores rurais e outros órgãos governamentais, além do Ministério das Cidades, com a finalidade de possibilitar aos atores envolvidos o monitoramento e a colaboração no aperfeiçoamento das linhas de atendimento do MCMV Rural.

O processo de seleção do MCMV Entidades, iniciado em julho de 2023, selecionou mais de 148 mil pessoas poderão ser beneficiadas com investimento estimado de R$ 6 bilhões.

O resultado dessa seleção representa o compromisso do Governo Federal de apoio à produção social da moradia e à participação da população e dos movimentos de luta por moradia como protagonistas na solução dos problemas habitacionais, estimulando a organização popular e a produção habitacional autogestionária. O MCMV Entidades tem por finalidade a concessão de financiamento subsidiado a famílias organizadas por meio de entidades privadas sem fins lucrativos para produção de unidades habitacionais urbanas, com recursos do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS). O público-alvo são famílias com renda mensal familiar de até R$ 2.640,00, organizadas sob a forma associativa, sendo admitido, para até 10% das famílias atendidas em cada empreendimento, que a renda mensal bruta seja limitada a R$ 4.400,00.

A subvenção econômica concedida com recursos do FDS às famílias beneficiárias do MCMV, fica entre R$ 130.000,00 a R$ 164.000,00 para provisão subsidiada de unidades habitacionais novas em áreas urbanas, a depender da tipologia da construção (apartamento ou casa) e da região.

Assessoria Especial de Comunicação Social do Ministério das Cidades
Atendimento à

Imprensgov.br

Semana do MEI é oportunidade para capacitar e profissionalizar pequenos negócios

Entre os dias 20 e 24 de maio, o Sistema Sebrae promove a Semana do MEI, evento gratuito voltado para quem deseja empreender, se formalizar ou alavancar os negócios. Esta é a 15ª edição do evento que, este ano, tem o tema “Chega junto com o Sebrae”. 

A programação inclui atividades presenciais e online, como palestras, oficinas práticas, cursos, webinars, além de networking e histórias inspiradoras de empreendedores de sucesso. Segundo o gerente de relacionamento com o cliente do Sebrae, Ênio Pinto, o objetivo da Semana do MEI é capacitar e profissionalizar os empreendimentos de pequeno porte. “A nossa intenção é profissionalizar ainda mais a condução desse pequeno empreendedor. Então vai ter um dia em que vamos abordar as questões ligadas a finanças, em outro a questão de planejamento, em outro a questão de vendas, vendas digitais inclusive. É atualizar o conhecimento que ele precisa ter para estar à frente desse empreendimento e vir a ter uma possibilidade maior de sucesso.”Cada unidade do Sebrae nos estados tem a própria agenda de programação. Para conferir, procure a unidade mais próxima da sua residência ou empreendimento, ou acesse o link. Na mesma semana, o Sebrae Nacional vai promover, em Brasília, uma palestra e uma oficina por dia, cada uma com um tema diferente. “A gente vai ter eventos acontecendo em quase três mil municípios do território brasileiro, tanto de forma digital como de forma presencial. E o que que a gente entrega? A gente entrega as áreas de conhecimento que são de fato críticas para o sucesso empresarial”, explica Ênio Pinto. Na edição do ano passado, o Sebrae realizou 856 mil atendimentos, em 2.036 municípios, e contabilizou mais de 6,4 milhões de visualizações nas páginas da Semana do MEI. 

Troca de experiências

Leia mais…

RS: FAB e Correios pedem prioridade na doação de produtos de limpeza e higiene

A FAB (Força Aérea Brasileira), em coordenação com os Correios, anunciou na quinta-feira, 16, a suspensão temporária do recebimento de doações de água e roupas ao Rio Grande do Sul, pois há estoque suficiente para atender a demanda do estado gaúcho. Em contrapartida, pedem prioridade para o envio de produtos de limpeza e higiene. A decisão começou a valer a partir desta sexta-feira, 17. Os Correios ainda anunciaram que não estão mais recebendo doações de roupas, mas seguem arrecadando água e outros tipos de produtos. Para fazer as doações basta levar os itens a qualquer unidade dos Correios em todo o Brasil. No caso da FAB, as bases aéreas localizadas em Brasília, Guarulhos (SP) e Galeão (RJ) recebem as doações das 8h às 16h, de segunda-feira à sexta-feira.

Confira o que doar?

  • Materiais de higiene pessoal;
  • Materiais de limpeza;
  • Alimentos da cesta básica;
  • Ração para pets.

istoe

Novas mudanças no código de trânsito podem te dar dor de cabeça! Veja como te afeta

Se você é motorista, é essencial estar sempre atento às mudanças nas normas de trânsito para evitar multas e contribuir para um trânsito mais seguro. Entre essas normas, a “lei do farol” se destaca por sua relevância e pelas recentes alterações que impactam diretamente a sua aplicação nas estradas brasileiras.

O que é a “Lei do Farol” e como ela foi alterada?

A chamada “lei do farol”, oficialmente conhecida pelo Código de Trânsito Brasileiro, exige que todos os veículos mantenham seus faróis baixos ligados durante o dia ao trafegarem em rodovias. A norma tem como objetivo principal aumentar a visibilidade nas estradas, reduzindo o risco de acidentes. Com a atualização pela Lei 14.071/2020, houve uma adequação importante: agora, os faróis baixos somente são obrigatórios durante o dia em rodovias de pista simples fora dos perímetros urbanos.

Por que manter os faróis acesos ainda é essencial?

Ainda que a alteração na lei tenha relaxado a obrigatoriedade em certos contextos, a prática de manter os faróis acesos durante o dia em todos os tipos de rodovias continua sendo uma medida eficaz de prevenção de acidentes. A visibilidade aumentada não apenas facilita que outros condutores vejam seu veículo a distância, como também melhora sua própria capacidade de perceber obstáculos ou perigos iminentes na via.

Quais são as penalidades para quem desobedece a “Lei do Farol”?

Ignorar a obrigatoriedade dos faróis acesos em rodovias de pista simples pode resultar em multas e consequências graves. Veja abaixo os detalhes:

Multa e pontuação:

  • Infração: Natureza média
  • Multa: R$ 130,16
  • Pontuação: Acréscimo de quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH)

Impactos:

  • Financeiro e Administrativo: Multa de R$ 130,16 e quatro pontos na CNH.
  • Segurança: Aumenta o risco de envolvimento em acidentes graves, podendo resultar em lesões ou fatalidades.

Desrespeitar essa regra não só implica penalidades, mas também coloca em risco a segurança de todos os usuários da rodovia.

Dicas para se manter conforme a “Lei do Farol”

  • Verifique regularmente se os faróis do seu veículo estão funcionando corretamente.
  • Adote como hábito ligar os faróis sempre que iniciar uma viagem, independentemente do tipo de rodovia.
  • Fique atento às sinalizações nas rodovias que indicam a necessidade de uso dos faróis, mesmo durante o dia.
  • Regularize sua situação se receber uma multa, procurando entender o motivo e como evitar futuras infrações.

Em suma, a “lei do farol” segue sendo um elemento crucial para a segurança no trânsito, a despeito das alterações em sua aplicação. Como motorista, manter-se informado e conformado com estas regulamentações não apenas evita penalidades, mas também contribui significativamente para um ambiente de trânsito mais seguro para todos. Sua atenção e cooperação são indispensáveis para salvaguardar vidas nas estradas do país.

Como recorrer à multa de trânsito?

Anulação de Multas de Trânsito

Quando você recebe uma notificação de autuação, existem duas formas de tentar anular a multa:

Advertência por Escrito:

  • Critérios: Infração leve ou média; condutor sem outras infrações nos últimos 12 meses.
  • Objetivo: Medida educativa para conscientizar o motorista.
  • Requisitos: Histórico de bom comportamento no trânsito e CNH em dia.

Defesa Prévia:

  • Prazo: 30 dias a partir da notificação de autuação.
  • Autoridade: Deve ser feita ao órgão responsável pela autuação, que pode ser estadual, federal ou municipal.
  • Importância: Identificar corretamente o órgão responsável para não perder o prazo.

Recurso de Multas

  • Primeira Instância (JARI):
  • Entidade: Juntas Administrativas de Recursos de Infrações (JARI).
  • Prazo: Até a data de vencimento da multa indicada no formulário MILT.
  • Nota: Pode ser feito mesmo sem a Defesa Prévia ou após sua recusa.
  • Segunda Instância (CETRAN):
  • Critérios: Após indeferimento na JARI.
  • Prazo: 30 dias a partir da notificação do resultado da primeira instância.
  • Entidade: Conselho Estadual de Trânsito (CETRAN).

Seguir esses procedimentos corretamente pode aumentar as chances de anulação da multa ou de mitigação das penalidades.

monitordomercado

Mais de 101 mil moradias foram afetadas no Rio Grande do Sul; aponta CNM

Com 447 municípios impactados pelas chuvas intensas no Rio Grande do Sul, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) ressalta que, entre 29 de abril e 12 de maio, as chuvas já acarretaram mais de R$ 8,4 bilhões em prejuízos financeiros. De acordo com a CNM, dentro deste valor, aproximadamente R$ 4,5 bilhões correspondem ao setor habitacional, com 101 mil residências destruídas ou danificadas. No âmbito público, cerca de R$ 1,6 bilhões dos danos estão relacionados a obras de infraestrutura, tais como pontes, calçamentos e sistemas de drenagem urbana. A Defesa Civil do estado informou que já são 147 mortes confirmadas e 80.826 pessoas desabrigadas.

Abrigos

O coordenador do Observatório Social da Escola de Desenvolvimento Social do Estado e secretário-adjunto da Sedes, Gustavo Saldanha, informa que foram identificados mais de 90 municípios que possuem cerca de 700 abrigos no Rio Grande do Sul.“A partir dessas informações, a gente começa a ter viabilidade de focalizar e ser mais específico na condução das nossas políticas, no nosso apoio aos municípios e no nosso apoio aos abrigos. Vamos ter condições de fazer demandas mais específicas para o Ministério Desenvolvimento Social, assim como auxiliar parceiros a disponibilizarem recursos e doações para as características reais das cidades dos abrigos e das pessoas lá abrigadas recentemente”, aponta .Ele explica que já começaram a identificar quais abrigos possuem de crianças de 0 a 5 anos, para a disponibilizar a informação para área da saúde. Também estão identificando condições de acesso à água e de potabilidade dela. “A gente já começou a identificar quais abrigos possuem necessidade de medicamento, quais abrigos possuem necessidade de itens de cozinha, para auxiliar no fornecimento e na qualidade e na segurança das refeições. Exigir essa informação vai proporcionar mais efetividade na distribuição das doações”, completa. Além disso, de acordo com a Defesa Civil gaúcha, há 127 desaparecidos no estado. Destaca-se que esses concentram-se principalmente nos seguintes municípios: Eldorado do Sul (21), Canoas (17) e Porto Alegre (11). Além disso, 806 pessoas estão feridas e 2,1 milhões foram afetadas.

Fonte: Brasil 61

Anvisa suspende lotes de detergente Ypê por ‘risco de contaminação microbiológica’; saiba como identificar

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisasuspendeu a comercialização, distribuição e uso de determinados lotes de todas as versões do detergente Ypê, da empresa Química Amparo, devido a “potencial risco de contaminação microbiológica”. A medida foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira. De acordo com a resolução, a agência já havia sido notificada sobre o recolhimento voluntário do produto pela própria empresa. O motivo foi a identificação de um “desvio” durante a análise de monitoramento da produção, que revela um “potencial risco de contaminação microbiológica”.

Quais lotes do detergente Ypê foram suspensos?

Com isso, todos os lotes cuja data de fabricação foi nos meses de julho, agosto, setembro, novembro e dezembro de 2022 e que tenham um final “1” ou “3” estão suspensos e não devem ser utilizados.Procurada, a Química Amparo explicou que os lotes foram detectados pelo controle de qualidade da empresa, que comunicou à Anvisa a ocorrência e iniciou o processo de recolhimento voluntário dos itens há mais de um mês.

Por que os lotes de detergente Ypê foram suspensos?

“Após uma rigorosa análise interna identificou-se, em alguns lotes específicos, a possibilidade de descaracterização em seu odor tradicional, sem risco à saúde ou segurança do consumidor, porém, em alguns casos perceptível ao olfato”, disse em nota. A empresa destacou ainda que apenas os lotes específicos apontados no decreto tiveram a comercialização proibida, não havendo restrições para os demais disponíveis para a compra. Procurada, a agência reguladora confirma ter sido avisada que “durante análises realizadas internamente foram identificados resultados microbiológicos não conformes com os critérios adotados pela empresa”. Sobre o risco à saúde, a Anvisa também disse ao GLOBO que ele é amenizado devido a dois fatores. O primeiro é que “o produto é destinado para limpeza de artigos e é enxaguável, portanto o contato com a pele é breve”. Já o segundo é que “altos níveis de contaminação, se ocorrerem, são facilmente identificáveis pelo consumidor devido ao mau cheiro e turbidez, o que inviabiliza o uso”.

Lista com lotes do detergente Ypê suspensos:

Veja a lista completa com todos os lotes divididos por marca abaixo:

Leia mais…

“Maior movimentação registrada no país”, diz Lula sobre doações ao RS

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva comemorou neste sábado (11), por meio da rede social X, “a maior movimentação de doações já registrada na história do nosso país”. Até quinta-feira (9), quase 2 mil toneladas de donativos já tinham sido encaminhadas ao Rio Grande do Sul por órgãos federais, segundo a postagem.Além disso, segundo o governo federal, na manhã deste sábado (11), em Brasília, a campanha Todos Unidos pelo Sul deu início a uma ação para o envio de mais de 400 toneladas de donativos às vítimas das chuvas no estado, entre roupas, colchonetes, água potável e alimentos. A ação é um trabalho integrado entre Força Aérea Brasileira (FAB), Exército e voluntários da sociedade civil.O esforço envolve aeronaves, caminhões, trem e navios. No modal aéreo, dois cargueiros da FAB decolaram às 7h30 com 40 toneladas de itens doados, 20 em cada, em direção à Base Aérea de Canoas (RS). Um avião da Latam se somou à operação com 7 toneladas na mesma rota. Outros 19 caminhões, entre carretas do Exército e de empresários voluntários, foram carregados com 380 toneladas de suprimentos.  Balanço mais recente divulgado pela Defesa Civil do Rio Grande do Sul informou que o número de municípios afetados chega a 445, com 2.039.084 pessoas impactadas pelas chuvas. No total, 339.925 pessoas estão desalojadas e outras 71.398 encontram-se em abrigos. O número de mortos chegou a 136, com 756 feridos e 125 desaparecidos. Até aqui, 74.153 pessoas e 10.348 animais já foram resgatados.

agenciabrasil

Concurso dos Correios 2024: consulte os benefícios oferecidos aos funcionários contratados

O concurso dos Correios 2024 está prestes a ser realizado, com foco em atualizar e reforçar o quadro de funcionários de uma das instituições mais tradicionais do país. Este processo seletivo é muito aguardado, pois visa atender à crescente demanda por serviços mais eficientes e inovadores. Concurso dos Correios 2024: consulte os benefícios oferecidos aos funcionários contratados. Imagem: FDR A seleção do Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES) como banca organizadora para o concurso dos Correios 2024 aponta para um processo seletivo criterioso e rigoroso, garantindo que somente os melhores candidatos sejam selecionados para integrar a equipe da empresa.  Essas oportunidades oferecem aos candidatos a chance de ingressar em uma empresa de grande relevância nacional e contribuir para a segurança e bem-estar dos colaboradores. Abaixo você conhece os benefícios do concurso dos Correios 2024, enquanto neste link, eu te apresento o andamento do edital. Acompanhe!

Benefícios do concurso dos Correios 2024
A carreira nos Correios não só promete uma remuneração atrativa, mas também uma série de benefícios, incluindo:

Vale-alimentação/refeição;

Vale-transporte;

Auxílio-creche ou Auxílio Babá;

Auxílio para filhos(as) dependentes portadores de deficiência física;

Assistência médica e odontológica ambulatorial extensiva aos(à) seus(suas) dependentes legais durante o período de experiência;

Após o período de experiência, assistência médica e odontológica compartilhada;

Plano de Previdência Complementar através do POSTALPREV, pelo Instituto de Seguridade Social dos Correios, o POSTALIS.

Calendário do concurso dos Correios 2024
Março a julho: planejamento do concurso e processo licitatório para a contratação da banca;

Agosto: contratação da banca;

Setembro: edital do concurso Correios;

Dezembro: início das contratações.

Inscrições para o concurso dos Correios 2024
O período de inscrições para o concurso dos Correios 2024 ainda não começou. As inscrições provavelmente serão liberadas após a divulgação oficial do edital.

Para os cargos de nível médio, exige-se o certificado de conclusão de ensino médio.

Para os cargos de nível superior, além da graduação na área específica, certas posições requerem especializações ou residências médicas.

Como se preparar para o concurso dos Correios 2024
Para garantir o sucesso no concurso dos Correios 2024, é fundamental que os candidatos preparem-se especificamente para as áreas mencionadas no edital. Analisar os exames passados e compreender suas estruturas pode ser uma estratégia eficaz para se destacar na competição. Além disso, é importante que os concorrentes tenham todos os documentos fiscais e trabalhistas em dia, já que eles fazem parte dos requisitos para o processo seletivo. Uma preparação adequada e uma atenção rigorosa a esses detalhes podem ser a chave para garantir uma posição no concurso. Para quem busca estabilidade financeira e segurança no emprego, uma carreira nos Correios é uma opção atraente. Além disso, os benefícios e a flexibilidade geralmente associados ao setor público tornam essa oportunidade ainda mais convidativa para muitos candidatos. A carreira pública é vista como um caminho confiável para estabilidade a longo prazo e uma maneira de fazer uma diferença positiva na sociedade, algo que atrai muitos brasileiros interessados em construir uma carreira duradoura no serviço público. Dicas de desempenho para o concurso dos Correios 2024
Uma boa preparação para o concurso dos Correios 2024 começa com a análise das provas anteriores, pois isso ajuda a entender o formato das perguntas e os assuntos mais frequentes. Além disso, é essencial manter sua documentação em ordem, já que a regularidade fiscal e trabalhista são exigências importantes para a inscrição e a contratação. Mantenha-se informado sobre os prazos de inscrição e outras comunicações oficiais do concurso. As informações oficiais são geralmente enviadas por e-mail, por isso, é fundamental conferir sua caixa de entrada e também a pasta de spam para não perder nenhum detalhe importante.

Para acompanhar todas as novidades sobre o concurso dos Correios 2024, é fundamental manter-se atualizado através dos canais oficiais da instituição e das organizadoras de concursos. Recomenda-se iniciar ou intensificar os estudos nas disciplinas que provavelmente serão abordadas nas provas. O concurso dos Correios 2024 é uma oportunidade excelente para quem deseja uma carreira segura e com benefícios no setor público. Com uma preparação adequada e foco nos detalhes do processo seletivo, os candidatos podem aumentar suas chances de aprovação. No último concurso realizado em 2011, foram oferecidas mais de nove mil vagas para diversos cargos de nível médio. Já em 2017, foram abertas 88 vagas imediatas para Técnicos de Segurança do Trabalho, Enfermeiros do Trabalho, Engenheiros de Segurança do Trabalho e Médicos do Trabalho, além da formação de cadastro de reserva.

fdr.

INSS emite comunicado oficial para aposentados e pensionistas; todos são CONVOCADOS

Uma delas é na realização da prova de vida. A etapa é realizada para comunicar ao Instituto que o segurado ainda deve receber os pagamentos aos quais tem direito. No entanto, o INSS emitiu um importante alerta sobre o formato de realização do procedimento. Uma delas é na realização da prova de vida. A etapa é realizada para comunicar ao Instituto que o segurado ainda deve receber os pagamentos aos quais tem direito. No entanto, o INSS emitiu um importante alerta sobre o formato de realização do procedimento.

Entenda o aviso sobre a prova de vida do INSS:
De acordo com o órgão federal, alguns golpistas tem aplicado golpes envolvendo a prova de vida;
Utilizando crachás falsos, eles se direcionam até as casas de aposentados e pensionistas e recolhem informações pessoais desses segurados;
Em alguns casos, eles chegaram a pedir fotos dos beneficiários;
O INSS alerta que esse tipo de procedimento não é padrão do Instituto;
Por isso, caso receba essa visita, o beneficiário deve ficar atento e comunicar as autoridades policiais;
De acordo com a especialista do FDR, Lila Cunha, o formato de realização do procedimento foi alterado desde 2023;
Agora, ela é realizada por meio do cruzamento de dados;
Para tal, o INSS utiliza informações de outros órgãos ou até mesmo de bancos;
Caso não seja possível realizar a prova de vida assim, o INSS envia um comunicado informando sobre a necessidade da prova de vida presencial;
Nessa situação, o aposentado ou pensionista é orientado a se dirigir até uma agência da Previdência Social ou até o banco onde recebe o benefício;  As visitas do INSS são realizadas apenas para comprovação de vínculo, endereço ou para investigar possíveis irregularidades;
Mas, nesses casos, o servidor não solicita cópia de documentos nem fotos do beneficiário;
Caso tenha dúvida sobre o atendimento, o beneficiário deve pegar nome completo e matrícula do suposto servidor e ligar gratuitamente para a Central de Atendimento do INSS;
O atendimento está disponível no telefone 135.

Fonte FDR:

Nova Lei Assinada Por Lula Faz Usuários De Cartões De Crédito Pularem De Alegria

Uma nova lei assinada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva trouxe um alívio significativo para milhões de brasileiros que dependem de cartões de crédito para gerenciar suas finanças. A legislação, que entrou em vigor em janeiro de 2023, limita os juros e encargos financeiros do crédito rotativo, beneficiando especialmente aposentados e trabalhadores.

Com a nova lei, os juros do crédito rotativo foram restringidos em todo o Brasil, impedindo que a dívida total para quem atrasa a fatura ultrapasse o dobro do débito original. Assim, se um cliente tem uma dívida de R$100, o total pago com juros e encargos não poderá exceder R$200. Essa medida, aprovada pelo Senado em outubro de 2023 e sancionada pelo presidente Lula, foi instituída pela Lei Federal n° 14.690/23.

A mudança chega como uma resposta à preocupação crescente com as taxas exorbitantes do crédito rotativo, uma das categorias de crédito mais caras do Brasil. Em outubro de 2023, por exemplo, as taxas atingiram 431,6% ao ano. A lei visa reduzir o impacto financeiro para consumidores que lutam para manter suas contas em dia. Além de limitar os juros do crédito rotativo, a nova legislação também permite que clientes com dívidas em cartão de crédito façam a portabilidade gratuita do saldo devedor entre instituições financeiras a partir de 1º de julho de 2024. Isso significa que os consumidores poderão buscar instituições que ofereçam taxas mais baixas ou condições mais favoráveis para saldar suas dívidas.

Conheça o melhor vegetal rico em antioxidantes para reduzir inflamação

“A inflamação não é de todo ruim”, assegura a nutricionista focada em saúde intestinal Davineé Lingo em um artigo do portal de saúde e bem-estar EatingWell. Segundo a especialista, a condição surge como uma resposta imunológica necessária que ajuda o corpo a detectar e destruir substâncias estranhas que afetam a saúde. De acordo com a nutricionista, uma tática para reduzir a inflamação — responsável por ocasionar uma série de doenças — é optar por uma dieta rica em vegetais coloridos, sendo um em especial, no caso, a beterraba. Davineé destacou que a hortaliça tuberosa traz composição betalaínas, pigmentos “poderosos” com ação anti-inflamatória.

Foto colorida de beterraba picada em um prato branco - Metrópoles
Claudia Totir/Getty Images
A beterraba ajuda a combater a inflamação

“Foi demonstrado que as betalaínas reduzem vários marcadores de inflamação, diminuem a produção de radicais livres pró-inflamatórios e protegem o corpo de substâncias nocivas chamadas xenobióticos”, ressaltou a nutricionista ao ter por base um estudo publicado pelo jornal acadêmico Human Nutrition & Metabolism. A especialista salientou que a beterraba é fonte de nitratos dietéticos: “São compostos naturais que o corpo converte em óxido nítrico, um importante mensageiro químico que ajuda a dilatar os vasos sanguíneos, melhorando o fluxo do sangue”. Davineé pontuou que esses ativos melhoram o desempenho de atletas, fato comprovado por uma pesquisa publicada revista na Critical Reviews in Food Science and Nutrition. Davineé realçou que a beterraba é “embalada de manganês”, composto que desempenha um papel na produção e ativação do superóxido dismutase (SOD), considerado um dos mais importantes antioxidantes do corpo responsável por combater os radicais livres. Consumir uma xícara do vegetal cru oferece em torno de 19% do valor diário do mineral.

metropole

 

58% dos brasileiros não leem ou perderam o hábito da leitura

Um estudo recente da Preply, uma plataforma de ensino de idiomas, revelou dados preocupantes sobre os hábitos de leitura dos brasileiros. Segundo a pesquisa Retratos da Leitura, cerca de 30% dos brasileiros nunca adquiriram um livro, e 58% dos entrevistados manifestaram falta de interesse pela leitura ou sentem que perderam esse hábito ao longo do tempo, o que impacta negativamente sua habilidade como leitores. A fim de compreender melhor as perspectivas dos brasileiros em relação ao universo literário, a Preply conduziu entrevistas com centenas de pessoas de todas as regiões do país. Durante esses diálogos, os participantes compartilharam suas experiências pessoais com a leitura, desde suas preferências literárias até os ambientes mais propícios para desfrutar de uma boa história. Além disso, puderam identificar os principais obstáculos que dificultam o hábito da leitura no Brasil, destacando responsabilidades domésticas e o uso das redes sociais como fatores influentes.

FORMATOS E GÊNEROS

Quanto aos padrões de leitura, a pesquisa revela que, apesar da diversidade de formatos disponíveis, o livro impresso continua sendo a escolha predominante, com cerca de 60% dos entrevistados o preferindo em detrimento de e-books (11,6%) e audiolivros (6,2%). Em relação aos gêneros literários mais populares, a ficção e a autoajuda lideram, seguidas por mistério/suspense, fantasia/ficção científica e histórias de amor. Quanto aos momentos propícios para a leitura, a maioria dos entrevistados prefere dedicar-se a um livro durante momentos de tranquilidade em casa, seguido por períodos de espera e viagens de férias, quando há mais tempo livre e relaxamento.

DESAFIOS

Entretanto, os desafios para a prática da leitura são significativos. Barreiras como o acesso limitado aos livros, a falta de investimento na educação e a crescente influência do entretenimento digital, como redes sociais e conteúdos audiovisuais, contribuem para a diminuição do interesse e do hábito de leitura entre os brasileiros. Além disso, as responsabilidades cotidianas, tanto profissionais quanto familiares e domésticas, também são citadas como obstáculos significativos.

A PESQUISA

Para investigar os hábitos de leitura no Brasil, nas últimas semanas, 500 entrevistados de todas as regiões foram solicitados a responder a 10 questões envolvendo certos detalhes de suas relações e experiências com os livros, dos gêneros literários favoritos aos melhores ambientes para se estar na companhia de uma boa história. A organização das respostas possibilitou a criação de diferentes rankings, nos quais é possível conferir o percentual de cada alternativa apontada pelos entrevistados.

Fonte: Preply

Os países surpreendentes nos quais felicidade está aumentando entre os jovens

A Lituânia é a 19ª colocada do Relatório Mundial da Felicidade de 2024

Foi publicada em março de 2024 a edição anual do Relatório Mundial da Felicidade.

Os países escandinavos, como a FinlândiaDinamarcaIslândia e Suécia, continuam no topo da lista. Até aí, nenhuma surpresa. Mas um novo grupo de países tem subido no ranking da felicidade, de forma silenciosa, mas constante. A pesquisa indica que, nos últimos três anos, países da Europa central e oriental ultrapassaram alguns dos seus vizinhos da Europa ocidental, em termos de felicidade geral. Em 2024, a República Checa e a Lituânia atingiram pela primeira vez o top 20. Elas estão em 18º e 19º lugar, respectivamente, seguidas de perto pela Eslovênia, em 21º. Em termos de comparação, o Reino Unido é o 20º colocado, a Alemanha vem em 24º, a Espanha em 36º e a Itália, em 41º. O Brasil ocupa a 44ª posição. O mais interessante é que, em muitos desses países, o avanço pode ser diretamente atribuído ao aumento da felicidade dos moradores mais jovens. A Lituânia, por exemplo, ocupa o primeiro lugar entre a Felicidade dos Jovens do mesmo relatório, avaliada entre pessoas com menos de 30 anos de idade. A Sérvia ocupa a 3ª posição, a Romênia vem em 8º, a República Checa é a 10ª e a Eslovênia ocupa o 15º lugar. O Brasil é o 60º da lista.

a central e oriental não surpreendem os moradores locais, nem as pessoas que viajam frequentemente para aquela região.

“Existem mais empregos decentes no país, de forma que [agora] os jovens não estão se mudando para trabalhar em outros lugares da Europa”, afirma Tim Leffel, autor do livro The World’s Cheapest Destinations (“Os destinos mais baratos do mundo”, em tradução livre).“Na primeira vez em que visitei a Romênia e a Bulgária, uma década atrás, algumas aldeias estavam repletas de idosos”, ele conta. “Agora, você vê muito mais mistura entre as idades. Quando os jovens permanecem, aumenta a esperança de todos no futuro.”Com seu PIB per capita em franco crescimento desde o início dos anos 2000, muitos moradores da Europa central e oriental agora percebem que têm iguais chances de serem felizes — o que é um importante indicador do bem-estar em geral. De fato, o relatório concluiu que a desigualdade do bem-estar tem efeito ainda maior sobre a felicidade geral do que a desigualdade de renda.Além do crescimento econômico, esses países estão investindo em infraestrutura, promovendo cenários culturais vibrantes e capitalizando sua estonteante beleza natural — desde as dunas de areia formadas pelo mar no istmo da Curlândia, que se estende pela Lituânia e pela Rússia, até a biodiversidade dos montes Cárpatos, na Romênia.

O resultado é uma sensação palpável de otimismo e entusiasmo entre os moradores locais.

Para entender melhor esse novo senso de felicidade, conversamos com moradores e viajantes recentes sobre suas experiências em alguns desses países e descobrimos onde os visitantes podem desfrutar sua própria experiência dessa sensação.

Lituânia

Foto de mulheres dançando no Festival Lituano da Música

CRÉDITO,GETTY IMAGES

Legenda da foto,Uma vez a cada quatro anos, o Festival Lituano da Música reúne os cidadãos do país para celebrar sua identidade nacional

Ocupando o 19º lugar no índice geral e a primeira posição entre os moradores com menos de 30 anos de idade, a Lituânia observou notáveis melhorias da qualidade de vida nas últimas décadas, segundo seus moradores. “A maioria das pessoas da Lituânia se sente muito feliz, especialmente as gerações mais jovens”, afirma a lituana Jurga Rubinovaite, fundadora e CEO (diretora-executiva) do blog de viagens Full Suitcase.“Mesmo com a guerra na Ucrânia e os comentários constantes no noticiário sobre a crescente possibilidade de expansão da guerra para os Estados bálticos, as pessoas parecem estar apreciando e aproveitando a vida como nunca antes”, ela conta.Ela atribui esta sensação ao fato de que as pessoas são livres para estudar, trabalhar e viajar para onde quiserem desde 1990, quando a Lituânia conseguiu a independência da União Soviética.

“Minha mãe sempre diz, ‘minha vida nunca foi tão boa quanto agora'”, conta Rubinovaite.

“As gerações mais novas nunca souberam o que era a vida antes que a Lituânia recuperasse a independência, mas todos eles conhecem as histórias dos seus pais e avós. Acho que esta é uma das razões por que as pessoas estão mais felizes agora, porque elas reconhecem o que elas têm, mais do que nunca.”Ela também menciona as políticas de maternidade e paternidade do país, que estão entre as mais longas do planeta (até 126 dias remunerados para as mães e 30 dias para os pais), além de grandes redes familiares para ajudar a cuidar das crianças.Raminta Lilaitė-Sbalbi, moradora da Lituânia, encontra sua felicidade no vibrante cenário cultural da capital lituana, Vilnius. Ela gosta particularmente da proximidade da natureza, do seu espírito comunitário inclusivo e das oportunidades de expressão criativa e crescimento pessoal.Lilaitė-Sbalbi indica eventos culturais importantes, como o Festival Lituano da Música, que faz parte do Patrimônio Mundial da Unesco e comemora seu 100º aniversário este ano, entre junho e julho.“É uma oportunidade de presenciar, uma vez a cada quatro anos, um enorme concerto com centenas de corais e milhares de pessoas cantando juntas em um enorme palco ao ar livre”, explica ela.“O festival tem profunda importância para todos nós, devido ao seu papel na preservação da identidade nacional lituana durante os tempos da ocupação soviética. Por isso, ele foi chamado de ‘revolução do canto’.”A proximidade do país com a natureza também oferece um claro caminho para a felicidade, com melhor equilíbrio entre a vida pessoal e o trabalho.“Os lituanos adoram sair ao ar livre”, afirma Rubinovaite. “Eles aproveitam todas as oportunidades que têm para sair da cidade e visitar as florestas, os lagos e seu belo litoral.”Lilaitė-Sbalbi recomenda aos visitantes conhecer as trilhas de caminhada perto de Vilnius, como a Trilha Verde Strėva. “Seu morro das fontes [abriga nascentes que] não congelam nem mesmo no inverno e há uma plantação de orquídeas lituanas em um pequeno morro”, ela conta. Lilaitė-Sbalbi também indica a Trilha Natural Karmazinai, um local fascinante de ritos pagãos e antigos cemitérios.

Romênia

Mulher idosa romena em foto em close

CRÉDITO,GETTY IMAGES

Legenda da foto,A Romênia foi um dos países que mais subiram no ranking da felicidade mundial na última década

Embora ocupe apenas a 32ª posição geral, a Romênia observou um dos maiores saltos do mundo em termos de felicidade na última década. O país ocupava o 90º lugar no Relatório Mundial da Felicidade de 2013. E, também aqui, o salto foi impulsionado principalmente pelos jovens, que colocaram a Romênia na oitava posição entre as pessoas com menos de 30 anos de idade.

Especialistas atribuem este otimismo ao aumento da liberdade e das oportunidades.

Em março de 2024, a Bulgária e a Romênia se tornaram os mais novos Estados membros da área Schengen da União Europeia, que garante o livre movimento de cidadãos e visitantes sem controles nas fronteiras. A Romênia também recebeu grandes investimentos em infraestrutura, que melhoraram a qualidade de vida dos seus moradores e visitantes.

Leia mais…

Os brasileiros que estão ‘presos’ em Dubai por conta das enchentes e não conseguem voltar

  • Priscila Carvalho

Desde o início da semana, Dubai, nos Emirados Árabes Unidosvem sofrendo com enchentes.

A situação prejudicou o funcionamento da cidade e impediu que passageiros retornassem ao Brasil na data prevista. Mesmo com a água baixando em alguns pontos, inclusive no aeroporto, muitos brasileiros alegam que não conseguem sair de lá e não recebem assistência adequada da Emirates, principal companhia aérea que realiza voos para o país. É o caso do diretor de inteligência de vendas Dennis Velloso, de 34 anos, que foi passar a lua de mel na Tailândia e, ao retornar, tinha uma conexão em Dubai de algumas horas. No entanto, por causa das inundações, foi impedido de embarcar no voo original, que tinha data para a última terça-feira (16).Diante do ocorrido, ele já está há pelo menos 58 horas no aeroporto e ainda não sabe quando vai voltar para casa. As informações e serviços prestados pela companhia aérea, segundo ele, deixam a desejar. “Há um balcão com informação, onde tem gente que vai lá às 10h e só consegue alguma resposta ou mudança de voo às 17h. Quase oito horas esperando”, diz.

O brasileiro relata que a situação está caótica e que as remarcações são quase impossíveis de serem feitas.Dennis estima que há pelo menos 50 brasileiros esperando no aeroporto e cerca de 300 pessoas de várias nacionalidades esperando atendimento e remarcação de voos.“Tem gente dormindo no chão, que não está tomando banho e com problema de saúde. E não nos ofereceram um hotel até agora”, conta, indignado.

Sua esposa também está frustrada com o ocorrido.

“Uma das nossas escolhas para a lua de mel que teve mais peso em custo e expectativa de qualidade foi a companhia aérea. Da noite para o dia, o sonho virou pesadelo e estamos passando pelos piores dias da nossa vida”, destaca Hadassa Rodrigues.

Casal posando para foto dentro de aeroporto

Legenda da foto,Dennis e Hadassa estavam voltando da lua de mel quando se viram ‘presos’ no aerorporto de Dubai

A grande espera fez com que muitos dos passageiros tivessem que arcar com muitas despesas extras. Dennis alega que só recebeu um voucher de comida depois de 48 horas em que já estava no aeroporto.Mesmo com o benefício, a alimentação não é suficiente e os gastos acabam ultrapassando o esperado.“Dois hambúrgueres, uma batata frita e um refrigerante sai a R$ 400. Estou gastando mais aqui do que nos dias em que passei na Tailândia”, relata o brasileiro.Antes, ele e a esposa estavam utilizando a sala vip do espaço, mas como já estão há quase três dias, o benefício acabou, já que eles excederam o limite permitido.Os banhos também estão sendo pagos e é necessário desembolsar R$ 100 toda vez que desejam utilizar o serviço. Somando todos os valores, ele destaca que os gastos já chegam a quase R$ 3 mil.O problema maior, segundo ele, vai além do prejuízo financeiro. De acordo com Dennis, sempre há atualizações dos próximos voos no painel físico e no site, mas as datas sempre sofrem mudanças.“A primeira solução que nos ofereceram foi para irmos juntos dia 27 [sábado]. Também deram a opção de um na terça e o outro na quinta, o que inviabiliza também. Já estamos perdendo compromissos de trabalho”, diz.A última tentativa da empresa foi a oferta de um voo no próximo domingo à noite (21), quase cinco dias depois do voo original do casal. O brasileiro espera que a nova data também não seja alterada.

Curso virou pesadelo

A empresária Marilu Souza, de 53 anos, viajou ao país uma semana atrás para participar de um curso com um grupo de 40 pessoas. Depois de quase três dias curtindo Dubai, eles foram surpreendidos pela chuva e o cenário mudou completamente.“Fomos do luxo ao lixo. Tivemos que passar pela enchente para comprar alimentos. Não tivemos café da manhã no hotel”, relembra.O problema se estendeu ainda mais quando ela e os colegas chegaram ao aeroporto. A empresária está no local desde a madrugada de quinta-feira (18) e não consegue tomar banho.“Estamos sem higiene adequada e me alimento mal. Sou alérgica a glúten e lactose e estou passando um caos”, lamenta.Ela também se queixa da falta de infraestrutura que está enfrentando e não esperava que fosse ficar tantos dias no aeroporto.“Sou PCD [pessoa com deficiência]. Tenho limitação na perna e meu medicamento está nas malas despachadas. Quando faço movimentos repetitivos, sinto dor e preciso usar”, conta.Marilu relata que há muitas crianças, pessoas com problemas de saúde e sem acesso a medicamentos.Os prejuízos financeiros também já estão sendo contabilizados e chegam a quase R$ 10 mil, segundo relata — já que o seu trabalho está sendo prejudicado e ela ainda não conseguiu retornar. “Eu tenho uma agenda de trabalho e agenda de compromissos e contratos a cumprir no Brasil”, diz.

Malas e pessoas deitadas no carpete do aeroporto
Legenda da foto,Dezenas de passageiros estão dormindo no chão do aeroporto de Dubai

Quais os direitos do passageiro?

Leia mais…

Dia Mundial da Terra: um dia para reflexão sobre o cuidado com o planeta

No próximo dia 22 de abril, o mundo se une e volta a sua atenção para o Dia Mundial da Terra, data que ressalta a necessidade urgente de proteger e preservar o planeta. Nesse sentido, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) enfatiza a importância da celebração deste dia para o cuidado de proteger o habitat e fazer a reflexão sobre a preservação do meio ambiente. Neste momento em que a crise climática se agrava, os impactos ambientais se tornam cada vez mais evidentes. É fundamental que os gestores municipais estejam atentos às necessidades do seu Município, para que possa criar hábitos a fim de construir uma cidade mais resiliente para enfrentamento de ocasiões adversas da natureza, como as enchentes ou a estiagem que atingiram algumas regiões recentemente. 

A CNM considera importante celebrar esta data e incentiva os Municípios a realizarem ações de conscientização dos impactos da ação humana sobre o meio ambiente e a importância da preservação do ecossistema e enfrentamento às mudanças climáticas.

Origem da data 
Foi instituído no ano de 2009 após a Assembleia-Geral das Organização das Nações Unidas (ONU). A data foi inicialmente escolhida pela equipe do senador norte-americano Gaylord Nelson. Veja cinco práticas que os gestores podem implementar em seu Município para que a população possa contribuir com os cuidados em relação ao meio ambiente: 

– Construções Sustentáveis: incentivo à construção com uso de materiais e técnicas ecoeficientes. 
– Gestão Eficiente de Resíduos: implementação de programas de reciclagem, compostagem e coleta seletiva.
– Educação Ambiental:  programas sobre sustentabilidade e meio ambiente na comunidade. 
– Proteção dos Recursos Hídricos: implementação de programas de incentivo ao reuso de água, proteção de nascentes e recuperação de áreas degradadas Boa prática
O projeto Virada Ambiental é uma iniciativa apoiada pela CNM que tem o objetivo de sensibilizar os Municípios sobre a conscientização, preservação do meio ambiente e da biodiversidade. O projeto mobiliza diversos Municípios para o plantio de mudas nativas, com o intuito de revegetação de áreas degradadas. A iniciativa também promove capacitação sobre legislação ambiental e gestão ambiental. No ano de 2023, o projeto alcançou mais 200 Municípios, 17 Estados e o Distrito Federal. Dentre estes, o Município de Acreúna (GO) aderiu ao projeto, realizou o plantio de 500 mudas de árvores na nascente do Rio Veredão e conscientizou a população e os alunos da rede escolar municipal sobre a importância da conservação e a preservação da natureza. 

Foto: Toby Ord/NASA
Da Agência CNM de Notícias

Segundo decêndio de abril será repassado nesta sexta, 19

Com uma queda de 1,57%, de acordo com a Secretaria do Tesouro Nacional (STN), será creditado nesta sexta-feira, 19 de abril, nas contas das prefeituras brasileiras, o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente ao segundo decêndio do mês. O valor é de R$ 1.367.635.290,44, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, incluindo o Fundeb, o montante é de R$ 1.709.544.113,05. Por mais que se tenha notado um elevado crescimento do FPM no início de 2024, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) orienta aos gestores municipais o uso dos repasses com cautela e atenção. É de suma importância neste momento – de crise financeira – que o gestor tenha pleno controle das finanças da prefeitura. A Confederação informa que seguirá acompanhando de perto a evolução do FPM a fim de garantir a autonomia dos Entes locais, uma vez que há a expectativa de crescimento moderado do Fundo, ao contrário do observado entre 2021 e 2022 – anos com forte incidência da Pandemia de Covid-19.  Os Estudos Técnicos da entidade destacam ainda que no segundo decêndio, a base de cálculo é dos dias 1º a 10 do mês corrente. Este decêndio geralmente é o menor do mês e representa em torno de 20% do valor esperado para o período inteiro.

Importante
A CNM disponibiliza ao final da Nota os repasses municipais do FPM dividido por Estados, indicando uma aproximação do volume de recursos a receber no próximo dia 19. Para a interpretação do quadro, o gestor deve ter o conhecimento não somente do seu coeficiente, mas da quantidade de quotas que perderia na ausência da Lei Complementar (LC) 198/2023. 

Dia do Hino Nacional: Brasileiros sabem a música de cor? Veja VÍDEO

Data é comemorada neste sábado (13). Composição foi tocada pela primeira vez em 1831 e letra foi criada em 1879.

O Dia do Hino Nacional é comemorado neste sábado (13). Foi nesta mesma data, em 1831, que a música foi tocada pela primeira vez, quando Dom Pedro I se despedia do Brasil e voltava para Portugal.

Já a letra, foi criada 48 anos depois, em 1879, por Osório Duque Estrada (saiba mais abaixo).

Cantado em solenidades e eventos oficiais do governo, aberturas de encontros cívicos, culturais, escolares e esportivos, quem nunca “encheu os pulmões de ar” para cantar com orgulho?🎵

A letra tem palavras pouco usadas atualmente, e frases em ordens fora do habitual, o que acaba a deixando complexa. O g1 foi às ruas de Brasília para saber se os moradores do Distrito Federal sabem cantar o hino sem tropeçar nas palavras (veja vídeo acima). Algumas sempre geram um pouco de confusão. “Fúlgidos”, “fulguras” e “florão”, por exemplo dão um nó na língua logo no início do hino.

“É difícil. Na escola não ensinaram isso. Só ensinaram a cantar”, diz Pedro da Silva, de Brasília.

Tem quem cante o hino completo, sem errar nenhuma palavra. Tem quem troque palavras e até invente outras. Mas tem quem se garanta.

“Eu já pesquisei no dicionário todos os significados”, conta Valéria Pereira, também de Brasília.

O Hino Nacional e seus significados

Execução do Hino Nacional — Foto: Fabio Tito/g1

Execução do Hino Nacional — Foto: Fabio Tito/g1

De acordo com a professora de Língua Portuguesa Regina Lustosa, o hino é uma canção bastante complexa, com uma letra rica em metáforas e inversões nas frases

“Por ser um estilo de texto parnasiano, com linguagem rebuscada e com grandes inversões sintáticas, o entendimento do texto fica comprometido. Mas nada que um bom brasileiro (com sua criatividade infinita) não possa ‘recriar’ algumas palavras, ao cantá-lo”, diz a professora.

Você já parou para pesquisar o que significam as palavras “difíceis” do hino❓ Nós separamos alguns trechos para te ajudar:

🎶 Ouviram do Ipiranga as margens plácidas / De um povo heroico o brado retumbante, / E o sol da liberdade, em raios fúlgidos, / Brilhou no céu da Pátria nesse instante.

📖 As margens plácidas (serenas) do rio Ipiranga ouviram o brado (grito) retumbante (estrondoso) de um povo heroico. E o sol da liberdade, em raios fúlgidos (cintilantes), brilhou no céu da Pátria no mesmo instante.

🎶 Se o penhor dessa igualdade / Conseguimos conquistar com braço forte, / Em teu seio, ó Liberdade, / Desafia o nosso peito a própria morte!

📖 Se conseguimos conquistar o penhor (a garantia/o direito) dessa igualdade (de ser livre) com braço forte, o nosso peito desafia até a morte em teu seio, ó Liberdade.

🎶 Deitado eternamente em berço esplêndido / Ao som do mar e à luz do céu profundo, / Fulguras, ó Brasil, florão da América, / Iluminado ao sol do Novo Mundo!

📖 Ó Brasil, florão (cúpula, joia da coroa) da América, (tu) fulguras (brilhas) iluminado ao sol do Novo Mundo deitado eternamente em berço (território) esplêndido, ao som do mar e à luz do céu profundo.

Você sabia❓

  • Há quase 200 anos, em 13 de abril de 1831, a melodia do hino nacional foi tocada pela primeira vez em público. Na época, Dom Pedro I se despedia do Brasil e voltava para Portugal;
  • Quando a República foi proclamada em 1889, houve um concurso para substituir a melodia do hino que conhecemos. No entanto, o apego popular à melodia do velho hino fizeram com que ela fosse mantida;
  • O hino foi criado em duas partes. Primeiro, veio a melodia, feita em 1831 por Francisco Manoel da Silva. Anos mais tarde, Osório Duque Estrada compôs a letra. A junção de melodia e letra demorou 48 anos;
  • O autor da melodia morreu sem saber que a música ganharia uma letra;
  • Existem regras para a execução do hino. Entre elas, cantar em pé e em silêncio, com a cabeça descoberta e os braços esticados ao longo do corpo. Gestos como palmas, assobios e até a mão no peito, são proibidos, de acordo com o art. 30 da Lei nº 5.700, de 1971.

g1.globo

Cesta básica de alimentos ficou mais cara em dez das 17 capitais brasileiras em março, calcula Dieese

Por Agência Brasil

Em março, o custo da cesta básica subiu em 10 das 17 capitais brasileiras analisadas pela Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, divulgada mensalmente, em São Paulo, pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). As maiores elevações foram registradas no Recife (5,81%), Fortaleza (5,66%), Natal (4,49%) e Aracaju (3,90%). Já as reduções mais expressivas foram observadas no Rio de Janeiro (-2,47%), Porto Alegre (-2,43%), Campo Grande (-2,43%) e Belo Horizonte (-2,06%).

Rio tem o segundo maior preço

A cesta mais cara do país foi encontrada em São Paulo, onde o conjunto dos alimentos básicos custava, em média, R$ 813,26. Em seguida, figuram as cestas do Rio de Janeiro (R$ 812,25), Florianópolis (R$ 791,21) e Porto Alegre (R$ 777,43).Nas cidades do Norte e do Nordeste, onde a composição da cesta é diferente, os menores valores médios foram anotados em Aracaju (R$ 555,22), João Pessoa (R$ 583,23) e Recife (R$ 592,19).

Salário mínimo ideal

Com base no valor da cesta mais cara do país – a de São Paulo – e, levando em consideração a determinação constitucional que estabelece que o salário mínimo deve ser suficiente para suprir as despesas de um trabalhador e da família dele com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência, o Dieese estimou que o salário mínimo ideal deveria ser de R$ 6.832,20 em março, valor 4,84 vezes superior ao do salário mínimo atual de R$ 1.412,00.

extra

Justiça Barroso libera para julgamento processo sobre foro privilegiado

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luís Roberto Barroso, liberou nesta terça-feira (1º) para julgamento o processo que trata do foro privilegiado para políticos. O julgamento foi suspenso na semana passada após um pedido de vista de Barroso. A retomada do julgamento virtual será no dia 12 de abril. Até o momento, o placar do julgamento está 5 a 0 pela ampliação do foro por prerrogativa de função, nome técnico do foro privilegiado. O julgamento vai atingir deputados federais e senadores que respondem a processos na Corte. O voto do ministro Gilmar Mendes, relator do caso, está prevalecendo no julgamento. Para o ministro, o foro privilegiado de um político fica mantido se o crime tiver sido cometido durante o exercício da função de parlamentar. Essa é a regra válida atualmente. Contudo, no caso de renúncia, não reeleição ou cassação, o processo seria mantido no STF. Além de Mendes, já votaram no mesmo sentido os ministros Dias Toffoli, Flávio Dino, Cristiano Zanin e Alexandre de Moraes. A Corte julga um habeas corpus do senador Zequinha Marinho (Podemos-PA). O parlamentar é acusado de “rachadinha”, por ser suspeito de exigir parte do salário de funcionários de seu gabinete, em 2013, quando ele era deputado federal.  Ao longo do tempo, o político foi eleito vice-governador do Pará e senador, e o processo foi transferido para instâncias da Justiça. 

 

Focus: Projeção de inflação de 2024 é mantida pelo Banco Central

A projeção dos analistas para a inflação de 2024 foi mantida, segundo dados divulgados pelo Relatório Focus do Banco Central, nesta terça-feira (2). A expectativa para a inflação oficial de 2024 permaneceu em 3,75%. A de 2025 continuou em 3,51%. Projeções do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), 2026 e 2027 foram mantidas em 3,5%.

A projeção do PIB de 2024 cresceu para 1,89%. As projeções de 2025, 2026 e 2027 também continuaram em 2,0%. Na Selic não houve alterações. A estimativa de 2024 continuou em 9%. Em 2025, 2026 e 2027 a Selic permaneceu em 8,5%.

bandnewstv

Jatinho Particular De Luan Santana Tem Valor De Tirar O Fôlego

Considerado um dos principais ícones da música brasileira, Luan Santana não só conquistou os corações do público com suas canções envolventes, mas também construiu um império digno de admiração. Com sucessos em sequência e uma legião de fãs fervorosos, o cantor acumulou uma fortuna que o permite desfrutar de uma vida luxuosa, possuindo até um jatinho particular. Um dos indicadores do sucesso estrondoso de Luan Santana é o valor astronômico cobrado por seus shows. Para garantir a presença do artista em um evento, é preciso desembolsar uma quantia que beira o inacreditável: R$450 mil. Esse cachê colossal coloca Santana no topo da lista dos artistas brasileiros mais bem remunerados, superando até mesmo nomes consagrados como Leonardo e Zezé Di Camargo e Luciano.

Toda essa receita milionária possibilitou a Santana erguer um verdadeiro palácio em Santana de Parnaíba, na zona oeste de São Paulo. A mansão, que está atualmente à venda, é uma verdadeira obra-prima avaliada em incríveis R$42 milhões. Com mais de 2 mil metros quadrados de área construída, o imóvel oferece um ambiente de pura ostentação e conforto .A área externa da mansão é um convite ao relaxamento e à diversão. Uma piscina deslumbrante, uma área gourmet de tirar o fôlego e amplos espaços para receber amigos e familiares são apenas alguns dos atrativos. Além disso, uma extensa área de lazer completa o cenário de extravagância. No interior da residência, o requinte se faz presente em cada detalhe. Cinco suítes luxuosas, acompanhadas por 10 banheiros, um spa e uma sauna, proporcionam o máximo de conforto e privacidade aos moradores. E para os amantes de automóveis, uma enorme garagem com capacidade para abrigar até 20 carros está à disposição.

colunafinanceira

Governo Surpreende E Determina Novo Salário Mínimo: Salários De R$1.612 Até R$ 1.844,40

O governo de Santa Catarina anunciou uma nova determinação para o salário mínimo regional, surpreendendo trabalhadores e empresários. O valor fixado é de R$1612,26, dividido em quatro faixas salariais que variam até R$ 1.844,40. O acordo, resultado de negociações entre entidades trabalhadoras e patronais, reflete o compromisso do estado em garantir uma remuneração justa aos seus cidadãos. Esse ajuste representa o 14º ano consecutivo em que o estado consegue chegar a um acordo sem litígio nesse tema crucial.A composição das faixas salariais abrange uma diversidade de setores econômicos. Na primeira faixa, com o valor de R$1.612,26, estão inclusos trabalhadores da agricultura, construção civil e indústrias extrativas, entre outros. Já a segunda faixa, com R$1.670,56, abrange indústrias do vestuário, papel, além de distribuidoras e vendedoras de jornais. Para a terceira faixa, com o valor de R$1.769,14, estão direcionados trabalhadores das indústrias químicas, alimentação e comércio em geral. Por fim, na quarta faixa, com R$1.844,40, estão englobados trabalhadores de indústrias metalúrgicas, empresas de seguros, estabelecimentos de ensino, entre outros. O processo de definição do salário mínimo regional envolveu discussões iniciadas em novembro, com representantes de entidades patronais e de trabalhadores. Segundo relatos, as conversas foram marcadas pela maturidade e respeito mútuo, refletindo a evolução do diálogo ao longo dos anos.

colunafinanceira

Quem Tem Emprego Formal Continua Recebendo O Bolsa Família? Confirmada A Informação

Com a recente reformulação no programa Bolsa Família, muitos beneficiários se veem diante de um dilema: o medo de perder o auxílio diante das mudanças em suas vidas financeiras. O receio advém da percepção de que o depósito mensal do governo federal parece mais seguro do que um emprego formal. Entretanto, uma informação crucial tem escapado à compreensão de muitos: é possível acumular ambas as formas de renda.De acordo com o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social (MDS), no pagamento de março do Bolsa Família, 2,74 milhões de domicílios encontram-se na chamada “Regra de Proteção”. Essa regra assegura que, mesmo com o aumento da renda familiar, o benefício do programa social não será cortado. Em outras palavras, mesmo que a condição de vida melhore, o apoio financeiro se mantém.

Entenda o que muda com a implementação da medida

A implementação dessa medida, iniciada em março do ano anterior, visa incentivar o crescimento financeiro das famílias, gradualmente tornando-as menos dependentes do auxílio governamental. Quando um dos membros do grupo obtém emprego formal, não é necessário retirá-lo do Cadastro Único; ao invés disso, sua renda é somada à da família. O objetivo do governo é claro: tornar o Bolsa Família um complemento de renda, não a principal fonte financeira. Ao receber uma oferta de emprego formal, com todos os seus benefícios, vale a pena optar por essa oportunidade, saindo da informalidade e usufruindo dos direitos trabalhistas.

Como funciona a regra de proteção?

Mas como funciona exatamente a Regra de Proteção para manter o pagamento do Bolsa Família? Em março, 601,83 mil famílias entraram nessa condição. Isso significa que mesmo com o aumento da renda mensal acima de R$ 218 por pessoa da família, o benefício foi mantido.No entanto, é importante ressaltar que a Regra de Proteção só se aplica a famílias cuja renda ultrapasse o limite de entrada no programa, chegando até meio salário mínimo (R$ 706) por membro da família. Anteriormente, quem conseguia emprego formal perdia o benefício automaticamente; agora, a renda é o critério determinante .Entretanto, a Regra de Proteção não garante o pagamento integral do Bolsa Família. Famílias que se enquadram nessa condição recebem apenas 50% do valor anterior do benefício, incluindo benefícios complementares. Em março, o benefício médio para essas famílias foi de R$ 370,49.

O meu pagamento pode ser cortado pela metade?

Quando o pagamento é cortado pela metade? Isso ocorre quando os dados de um ou mais membros da família são incluídos no sistema do Ministério do Trabalho e Emprego, indicando a obtenção de um emprego formal ou a abertura de uma pequena empresa.

colunafinanceira

Concurso Dos Correios Terá Salários De R$ 2.179,25 Até R$ 25.126,53

O Concurso dos Correios 2024 vem ganhando destaque nacional desde seu anúncio recente pelo órgão federal, atraindo a atenção de estudantes por todo o Brasil. Nos últimos dias, o Governo Federal divulgou mais detalhes cruciais sobre o certame que promete ser uma oportunidade ímpar para muitos.Segundo o presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, Fabiano Silva dos Santos, a formação da comissão organizadora já está em curso, sinalizando um avanço concreto no processo.  A previsão é que o concurso seja realizado ainda este ano, trazendo esperança para aqueles que buscam ingressar ou progredir em suas carreiras nos Correios.

O que já foi revelado do concurso?

Aqui está um resumo do que já foi revelado sobre o Concurso dos Correios 2024:

  • A definição da quantidade de vagas será conduzida por um grupo de trabalho já constituído e em plena atividade.
  • Esse grupo também está encarregado de determinar o local onde o certame será realizado, o que implica em um planejamento minucioso para garantir a eficiência do processo.
  • As datas exatas do concurso ainda não foram divulgadas, mas há uma expectativa de que em breve sejam anunciadas.
  • O presidente da empresa ressalta a importância crucial dessa etapa para a recuperação dos Correios, enfatizando a necessidade de valorização dos trabalhadores.
  • O aumento das demandas da empresa, especialmente em decorrência do crescimento do e-commerce no Brasil, torna a contratação de novos colaboradores uma prioridade.
  • Espera-se que sejam disponibilizadas vagas para cargos de níveis médio e superior, ampliando as oportunidades para diferentes perfis profissionais.
  • Vale lembrar que o último Concurso dos Correios de nível médio ocorreu em 2011, quando foram oferecidas cerca de 9 mil vagas, além da criação de um cadastro de reserva.
  • Os salários variaram entre R$ 2,1 mil e R$ 6,3 mil, dependendo do cargo ocupado pelo candidato na época.
  • A banca responsável pela organização do certame foi a Cebraspe, conhecida pela sua expertise na elaboração de concursos públicos.
  • Detalhes sobre a carga horária de trabalho ainda não foram revelados, mas espera-se que em breve sejam divulgados pelo Governo Federal, que recentemente debateu o tema.

colunafinanceira

Benefício Extra Disponível Para Os Trabalhadores: R$ 540 Para Sacar No Caixa TEM

O estado de São Paulo está implementando um novo benefício para auxiliar desempregados em meio às dificuldades econômicas. O programa Bolsa Trabalho, parte integrante do Bolsa do Povo, está liberando um auxílio emergencial de R$ 540 via Caixa Tem, visando fornecer suporte financeiro para aqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade. Este auxílio, distribuído através do Pix pelo Caixa Tem, é parte de uma iniciativa abrangente que centraliza a gestão de benefícios sociais no estado. O Bolsa do Povo engloba diversos programas, como o Renda Cidadã, Bolsa Trabalho e Aluguel Social, com o objetivo de oferecer suporte amplo às pessoas em necessidade.

O que é o Bolsa Trabalho?

Os beneficiários do Bolsa Trabalho terão a oportunidade de trabalhar em órgãos públicos, como escolas e postos de saúde, desempenhando diversas funções em uma jornada de quatro horas diárias. A remuneração de R$ 540 pelo Caixa Tem visa não apenas prover uma fonte de renda, mas também fornecer experiência e oportunidades de desenvolvimento profissional.

Como participar do programa?

Para ser elegível ao Bolsa Trabalho, é necessário atender a critérios estabelecidos pelo governo, incluindo comprovação de desemprego por mais de um ano e não recebimento de seguro-desemprego ou benefícios similares. Os interessados devem estar devidamente inscritos no Cadastro Único do Governo Federal, possuir renda familiar per capita de até meio salário mínimo e residir no Estado de São Paulo há pelo menos dois anos.O programa Bolsa Trabalho é voltado especialmente para jovens entre 16 e 20 anos, oferecendo não apenas uma fonte de renda temporária, mas também uma formação profissional abrangente. Com uma grade curricular que aborda temas como Respeito à Diversidade, Direitos Humanos, Cidadania Ativa, Projetos de Vida e Mundo do Trabalho, o programa busca proporcionar uma educação integral aos participantes.

Quais são os benefícios?

Os benefícios do programa variam em valor de acordo com sua natureza, com o Bolsa Trabalho oferecendo um auxílio de R$ 540 por até cinco meses. Além disso, o programa destina vagas específicas para jovens que cumprem medidas socioeducativas em semiliberdade pela Fundação Casa, buscando integrá-los à sociedade e promover a inclusão de grupos diversos, como imigrantes, indígenas, LGBTI+ e pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

Inscrições no Bolsa Trabalho

As inscrições para o Bolsa Trabalho acontecem em duas etapas durante o ano, com os interessados convocados por meio do Diário Oficial do Estado. Uma vez selecionados, os beneficiários recebem o auxílio por meio de um cartão específico do governo ou podem optar por utilizar a conta poupança social digital, oferecendo facilidades como saques nos caixas eletrônicos através da função “saque sem cartão” no aplicativo do Caixa Tem. Para se inscrever no programa e garantir o benefício, os interessados devem acessar o portal Bolsa do Povo e realizar o cadastro no Login SP de forma gratuita e online. É crucial manter a situação cadastral do CPF regular junto à Receita Federal para garantir o recebimento contínuo do auxílio.

colunafinanceira