27 de fevereiro de 2024 11:51

freitasnews16

Repasse do 14º salário é APROVADO e cai na conta em fevereiro; valor de R$ 2.424 é depositado

Já pensou como seria bom receber um 14º salário? Isso irá acontecer com os moradores de uma cidade do Brasil, pois o benefício foi aprovado por lá para os servidores da Prefeitura. Repasse do 14º salário é APROVADO e cai na conta em fevereiro; valor de R$ 2.424 é depositado.De acordo com o Decreto Municipal, a Prefeitura de Campo Grande, município localizado no Mato Grosso do Sul, irá beneficiar seus colaboradores com o repasse do 14º salário. O montante é de mais de R$ 4 milhões e será destinado a 2.015 servidores que atendiam os critérios estabelecidos pela lei nº 14.592. Com isso, cada beneficiário receberá o valor de R$ 2.424 ainda neste mês de fevereiro. Quem mais vai receber 14º salário? Além dos servidores de Campo Grande, o município de Bandeirantes, no Paraná, também irá pagar o 14º salário aos seus servidores. O Governo Federal também estuda implementar esse benefício para aqueles que recebem o auxílio do INSS, porém, de acordo com o Ministro da Previdência, Carlos Lupi, ainda é inviável por falta de orçamento.

E o 13º salário?
Também conhecido como uma gratificação natalina, o 13º salário é um benefício extra pago aos trabalhadores do Brasil entre os meses de novembro e dezembro de cada ano. O pagamento deste valor extra é previsto pela Constituição Federal para todos os trabalhadores de carteira assinada, sejam celetistas, temporários, domésticos ou avulsos. Todos têm o direito de receber o 13º salário, desde que tenham trabalhado pelo menos 15 dias no ano. Geralmente ele é pago em duas parcelas: a primeira até o dia 30 de novembro e corresponde a 50% do salário do trabalhador, sem desconto de impostos; e a segunda deve ser paga até 20 de dezembro e corresponde aos outros 50% do salário, com descontos dos impostos trabalhistas e previdenciários. O objetivo do 13º salário é proporcionar aos trabalhadores uma renda extra no final do ano, possibilitando que todos possam arcar com despesas típicas do período, como as compras de Natal, pagamento de impostos ou quitação de dívidas.

Fonte FDR: https://fdr.com.br

Compartilhe: